Já há imagens do botão de editar que vai mudar o Twitter

Bruno Coelho
Comentar

No passado dia 1 de abril (Dia das Mentiras), o Twitter publicou na sua conta oficial que estaria a trabalhar no tão pedido botão de editar. À data achou-se que seria uma piadam por ser feita nesse dia. Mas dias depois, seria o próprio Twitter a confirmar que não era uma piada.

Com a chegada de Elon Musk ao grupo de acionistas do Twitter, as coisas parecem ter mudado. E nos últimos dias surgiram inclusivamente as primeiras imagens do alegado botão de editar do Twitter em ação na rede social.

A descoberta foi feita pelo programador mobile Alessandro Paluzzi, conhecido por partilhar funcionalidades futuras de redes sociais, quando estas ainda se encontram em fase de testes. No tweet abaixo, vemos como a possibilidade de editar já está presente.

#Twitter is working on the edit button 👀 pic.twitter.com/684nQ5bhnF

— Alessandro Paluzzi (@alex193a) 15 de abril de 2022

A fonte conseguiu fazer aparecer um editor escondido para um tweet lançado em agosto de 2020. Contudo, não é possível ao utilizador editar retroativamente os seus tweets previamente lançados.

Nima Owji, outro desenvolvedor, partilhou um GIF onde mostra a funcionalidade em ação. Este pegou num tweet realizado há 16 minutos, clicou na opção de “editar tweet”, e editou-o sem quaisquer problemas.

I recorded a GIF from the upcoming #Twitter's Edit Button! pic.twitter.com/FPIRzzjUAF

— Nima Owji (@nima_owji) 16 de abril de 2022

Este refere que, pelo menos por enquanto, não é possível mudar a audiência de um tweet. Quando questionado se é possível visualizar o histórico de edições, este refere que por agora essa é uma informação ainda não disponível.

Ao que parece, o botão de editar do Twitter será cingido aos subscritores do Twitter Blue numa fase inicial. E o Twitter está ciente que terá de o implementar de forma a que utilizadores mal-intencionados não o usem para espalhar informações erradas.

Faria sentido haver um limite de tempo para se poder editar um tweet, ou este simplesmente poderia perder os seus gostos ou retweets ao ser editado. algo que só saberemos no futuro.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.