Já conhecemos a estratégia da Samsung para smartphones para o ano de 2022

Mónica Marques
Comentar

A Samsung tem vindo a apostar no mercado de smartphones dobráveis e tem sido bem-sucedida, especialmente com os modelos Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3.

Talvez por essa razão, surjam agora notícias de que a gigante sul-coreana em 2022 vai direcionar os chips para os seus modelos dobráveis, aumentado-lhes a produção.

Samsung vai aumentar produção de smartphones dobráveis

Samsung Galaxy Flip 3

Ao que tudo indica, em 2022 a Samsung vai apostar no aumento de produção dos seus smartphones dobráveis e direcionar os chips que tem para estes modelos. A informação é avançada pela publicação sul coreana The Elec que vai mais longe e adianta o número previsto de unidades produzidas.

De acordo com aquela publicação, a Samsung prevê produzir 2,9 milhões de unidades do futuro modelo Galaxy Z Fold 4 e uns extraordinário 6,9 milhões de smartphones Galaxy Z Flip 4. Por estes números, é perceptível que a estratégia da Samsung para o próximo ano aposta em grande no mercado dos modelos dobráveis.

Por outro lado, ao que tudo indica a gigante sul-coreana vai também direcionar os chips para os modelos dobráveis, especialmente para o Galaxy Z Flip 4. Nesse sentido, o futuro smartphone está já pressionado a contribuir, de forma considerável, para o aumento do volume de vendas em 2022.

Samsung Galaxy Flip 3

Samsung prevê produzir 11 milhões de unidades do Galaxy S22 Ultra

A mesma publicação revela também os planos da empresa para o topo de gama Galaxy S22 que deve chegar já no início do próximo ano. Assim, a Samsung tem planos para produzir 14 milhões de unidades do Galaxy S22, oito milhões do Galaxy S22 Plus e 11 milhões de smartphones Galaxy S22 Ultra.

Outras notícias relacionadas com a marca dão-nos conta de que a Samsung vai revolucionar os smartphones com o novo padrão de memória RAM LPDDR5X DRAM que promete uma maior velocidade no desempenho e um consumo energético mais reduzido.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.