iPhone SE: reparação do novo smartphone não é uma tarefa para todos (vídeo)

Mónica Marques
Comentar

Recentemente, a Apple lançou o novo iPhone SE que promete ser um sucesso de vendas, a confirmarem-se todas as projeções previstas.

Com o equipamento ao alcance de todos, começam a surgir notícias de alguns pormenores relevantes. Agora percebeu-se que reparar o novo smartphone não é uma tarefa para todos os utilizadores, visto que se trata de um processo complexo.

Testes de reparabilidade demonstram que não é nada fácil arranjar o iPhone SE

Finalmente, todos os utilizadores interessados podem ter um iPhone SE nas suas mãos e devido a esta disponibilidade começam agora a surgir notícias de alguns pormenores relevantes sobre o terminal.

Agora os especialistas da PBKreviews efetuaram testes de reparabilidade ao novo modelo da Apple e descobriram que arranjar o iPhone não é uma tarefa fácil e é recomendável que os utilizadores mais inexperientes não o tentem fazer.

De acordo com estes especialistas numa escala de um a dez, sendo este último o mais difícil, a dificuldade de reparação do iPhone é de 5,5. E aparentemente as dificuldades começam logo na desmontagem.

Em primeiro lugar, é necessário friccionar com um pano, tal como se vê no vídeo, a moldura do ecrã para conseguir soltá-la. O passo seguinte é remover o ecrã e todas as suas ligações e só depois é que o utilizador terá acesso ao interior do terminal para proceder à reparação.

O problema pode surgir é depois quando se coloca tudo no mesmo sítio, pelo menos foi isso que aconteceu aos especialistas da PBKreviews. Assim que voltaram a montar o ecrã, este ligava e exibia conteúdo, mas a funcionalidade de toque não estava a responder.

Utilizadores mais experientes têm capacidade (e paciência) para resolver a questão, mas os utilizadores que não estão tão habituados a este tipo de tarefa podem ver-se em dificuldades. Por essa razão, a pontuação de reparabilidade do novo iPhone SE ficou a meio da tabela de dificuldade.

iPhone SE com bateria maior que o antecessor

iPhone SE 2022
A desmontagem do iPhone SE revelou uma memória RAM de 4 GB igual à do iPhone 13

A desmontagem do equipamento permitiu também que fosse do conhecimento público a capacidade da bateria e da memória RAm do dispositivo, informações que a Apple nunca fornece.

Agora sabemos que o novo iPhone SE integra uma bateria de 2.018 mAh que é maior do que a do seu antecessor que tem uma capacidade de 1.821 mAh.

Assim ficámos também a saber agora que é pouco provável que o novo acessível da Apple tenha autonomia suficiente para um dia inteiro de uma utilização um pouco mais exigente.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.