Apple iPhone 8
Possível aspecto do Apple iPhone 8 – Crédito: iphone8look.com

Completam-se dez anos sobre o lançamento do primeiro iPhone da Apple e as surpresas para o iPhone 8 serão muitas! O seu nome ainda não está confirmado e pessoalmente acredito mais num “iPhone” ou “iPhone X”. Segundo consta trará um ecrã margem-a-margem. Segundo consta não terá o leitor de impressões digitais (sensor biométrico) também conhecido por TouchID. Pois bem, então como é que navegaremos no próximo iPhone?

Vê ainda: OnePlus 5 – A resposta oficial às principais críticas

Para já trata-se apenas de um rumor. Interpretem as notícias com isto em mente. Muita coisa pode mudar e como sempre a especulação alimente o desejo por novidades. Contudo,  hoje temos notícias particularmente interessantes oriundas da cadeia de informação Bloomberg (fonte).

   

Sem TouchID no iPhone 8?

Depois de ontem termos noticiado que o próximo iPhone 8 poderá nem sequer trazer um sensor TouchID, segundo as previsões do famoso analista da Apple, Ming-Chi Kuo da agência KGI, hoje temos algo ainda melhor. Ora, se a Apple removesse uma funcionalidade crucial para a navegação e utilização dos seus iPhone’s algo de muito errado se passaria. A menos que providenciasse alguma alternativa ainda melhor!

Apple iPhone 8
Apple iPhone 8 – crédito: iDropnews

Sem o TouchID precisaríamos de uma nova forma para retroceder, para ativar a SIRI, para desbloquear o smartphone. Enfim, é impensável não termos algo tão crucial. A menos que exista uma forma mais fácil, mais simples, mais intuitiva e eficaz com o smartphone.

TouchID é o atual sensor biométrico

Eis que está na altura de falar do reconhecimento facial 3D. Esta característica tem vindo a ser apontada há vários meses e continua a ganhar terreno entre a comunidade dedicada às últimas do mundo da tecnologia.

Será bem diferente do reconhecimento facial da concorrência mas utilizará um mecanismo algo semelhante também o scan ou reconhecimento de íris para fazer pagamentos e outras operações mais sensíveis. Isto será possível graças ao sensor de profundidade do iPhone 8 e não será facilmente ludibriado como o reconhecimento facial em certos concorrentes.

As fontes da Bloomberg ainda não possuem certezas e não sabem se este reconhecimento facial virá substituir de vez o TouchID (sensor biométrico). Contudo o trabalho no desenvolvimento desta tecnologia já estará numa fase muito avançada e seria mais seguro e eficaz do que o reconhecimento de impressões digitais. Depois de ter sido apontado um TouchID colocado debaixo do ecrã, vimos recentemente que esta tecnologia da Qualcomm ainda não estava pronta para produção e aplicação em larga escala. Uma alternativa era necessária!

“Neural Engine” pode substituir o TouchID no iPhone 8

Outro dos pontos particularmente interessantes é a possibilidade de o iPhone 8 utilizar um ecrã já com a tecnologia “ProMotion” que encontramos atualmente nos dispositivos iPad Pro. Afinal de contas o que é que faz esta ProMotion para além de ser uma palavra sonante? Ora, aumenta bastante o ritmo de refresh (atualização) para que mesmo ao fazeres scroll no ecrã não apareça nenhum arrastamento ou desfoque nos conteúdos.

No caso dos novos iPhones esta tecnologia seria gerida pelo co-processador dedicado, o AI dentro do SoC Apple A11. Este pequeno co-processador ficaria encarregue de ligar com funções especiais como a escrita inteligente, reconhecimento facial e outras tarefas relacionadas com a navegação e utilização do iPhone 8. Desta forma o processador principal ficaria com menos “peso nos seus ombros” conseguindo também otimizar o consumo energético.

Teremos também os iPhone 7s e 7s Plus

O restante artigo da Bloomberg aborda várias questões mas principalmente o design. Os principais traços para o iPhone 8 com base nos rumores e tudo o que tem vindo a ser sugerido para o próximo grande smartphone da Apple.

Espera-se que este “8” conte com uma elegante estrutura metálica para lhe conferir solidez sendo o resto do seu corpo revestido pelo vidro. Aqui, pessoalmente, creio que a cerâmica seria perfeita enquanto material de construção. Mais resistente a riscos, ligeiramente mais pesada e com um toque ainda mais premium. São gostos, bem sei, mas este é o meu.

Em suma, hoje ficamos a saber que o tradicional botão central que até à data tem vindo a caracterizar os smartphones da Apple poderá desaparecer. No seu lugar teremos um ecrã bem maior, ocupando praticamente a totalidade da frente do dispositivo. Mais ainda, teremos uma tela OLED com cores ainda mais vivas. Para substituir este TouchID teremos um novo sensor / mecanismo de interação com todo o equipamento para que a experiÊncia de utilização se torne mais fácil, intuitiva e prática no dia-a-dia.

E o iPhone 7s e 7s Plus?

Apple iPhone 8
Painéis do iPhone 8, iPhone 7s Plus e iPhone 7s

Na Apple impera a tradição, a confiança entre marca e consumidor, a gigante de Cupertino manterá os modelos (s). Mais concretamente com os com os 7s e 7s Plus. Serão mais convencionais e terão, sim, o TouchID no local do costume. Para além de umas quantas melhorias, sobretudo na autonomia, câmara e no seu interior. Espera-se que recebam um novo processador, um ecrã mais brilhante e com mais resolução. Terão também o novo sistema operativo iOS 11 no seu interior e podemos contar com várias melhorias na sua câmara fotográfica.

Ansioso pelo iPhone 8?

Uma coisa é certa, setembro será um mês extremamente empolgante para todos os entusiastas de tecnologia. Desde o novo Apple iPhone 7s e 7s Plus aos tão badalado Apple iPhone 8. Serão mais do que muitas as novidades da Apple. Entre inovações e fogo de vista, esperemos que Cupertino não desiluda. Até porque de uma forma ou de outra, acaba sempre por surpreender. Nem que seja no preço!

E tu, o que gostarias de ver nos próximos smartphone de Cupertino? Acreditas no lançamento de uma edição especial / comemorativa dos 10 anos do 1º smartphone da Apple?

Outros assuntos relevantes:

Analistas da KGI afirmam que o Apple iPhone 8 não terá qualquer TouchID

Xiaomi Mi 6 – Lançamento Global estará para breve?

Para já, Fall Creators Update não trará a famosa Timeline ao Windows 10

Viaphonearena
FonteBloomberg
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).