iPhone 14 Pro pode finalmente abandonar a polémica característica

Bruno Coelho
Comentar

Precisamos de recuar até ao ano de 2017 para uma mudança radical no design do ecrã dos smartphones da Apple. Foi aí, com o iPhone X, que a fabricante abandonou as pronunciadas margens, para dar lugar à controversa notch que aloja a câmara frontal e sensores importantes como o Face ID.

Os iPhone 13 foram os primeiros a chegar com notch de tamanho reduzido, mas essa mantém-se por lá. Mas segundo uma notícia avançada pelo site sul-coreano The Elec, esta pode estar de saída.

iPhone 14 Pro podem chegar com punch-hole no ecrã

Esta fonte cita fornecedores de ecrãs da Apple para afirmar que os smartphones da Apple com ecrã AMOLED não terão notch. Ao invés disso, a fabricante americana deve apostar num punch-hole (buraco), bastante comum nos rivais Android.

Ao que parece, a Apple vai remover a notch nos iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max. O que significa que os modelos base, presumíveis iPhone 14 mini e iPhone 14, podem manter-se com a notch.

A Apple estará confiante na experiência da Samsung para executar esta tarefa. É bom recordar que a fabricante sul-coreana já traz anos de experiência a usar punch-holes no ecrã dos seus smartphones.

A confirmarem-se estes dados, os topos de gama da Apple perderão a característica que muitos consideram ser um ‘deal breaker’ para apostar nos mesmos. E o aproveitamento de ecrã vai necessariamente aumentar.

Estas notícias vão ao encontro das fugas de informação avançadas por Jon Prosser, que davam conta de que a Apple apostaria num punch-hole para os ecrãs dos iPhone 14 Pro.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi apresenta novo frigorífico combinado com preço muito apelativo
  • Apple AirPods Pro 2 chegam em 2022 com novidades incríveis
  • Realme GT 2 Pro com câmara embutida no ecrã visto em imagem real
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.