iPhone 12: Apple poderá revelar mais duas cores nos seus smartphones

Filipe Alves
Comentar

Estamos quase a ver os novos iPhone 12 de forma oficial. Espera-se que as diferenças não sejam muitas, porém, substanciais. Teremos uma nova ideologia de carcaça e, segundo novas informações de analistas de mercado, duas novas cores a juntar ao grupo.

O vermelho e o azul serão duas novas opções. É verdade que a Apple já tem produtos vermelhos, contudo, nem todos nos dão essa opção e os que dão fazem parte da missão "Product Red". Ou seja, é uma tonalidade um pouco mais exclusiva.

Analistas acreditam num novo azul e vermelho para o iPhone 12

Apple iPhone 12 em vermelho e azul

Estas cores não foram ditas sem uma lógica pensada. Lembro que a Apple revelou recentemente os seus novos Apple Watch 6. Para além das tonalidades acinzentadas tivemos duas novas cores. Exatamente, o azul e o vermelho.

É de esperar que a Apple revele dois novos iPhones com essas novas tonalidades para quem quiser combinar o relógio inteligente com o seu telemóvel.

Quais as maiores diferenças do iPhone 12

Como sempre, na apresentação vamos ouvir muitas vezes "o melhor iPhone de sempre". Porém, as diferenças não serão assim tantas. No design teremos as laterais lisas. Algo idêntico ao iPhone 5 por exemplo. Espera-se que as câmaras sejam melhores e que o novo processador Apple A14 dê ainda mais potência e eficiência ao iPhone.

Apple iPhone 12

Tudo o resto será idêntico aos iPhones que temos no mercado. Pelo menos é o que tudo indica. Já se falou que a Apple pode lançar mais que três modelos, todavia, o segredo está bem guardado. Pelo menos até agora.

Nas próximas semanas devemos ficar a conhecer as datas de apresentação dos novos iPhone 12 que deverão ser revelados de forma oficial no próximo mês. Esperemos apenas que os analistas que referem estas novas cores estejam corretos.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.