iPhone 11: vídeo mostra-nos como deverá ser o próximo telemóvel

Filipe Alves
Comentar

Os rumores à volta do próximo iPhone 11 são alguns. Para já temos a ideia que a Apple vai finalmente implementar 3 câmaras traseiras na parte traseira do smartphone.

Este novo vídeo de Waqar Khan, mostra-nos um pouco daquilo que acreditamos vir a ser o próximo equipamento da empresa de Cupertino. Temos apenas de ter noção que este render é do iPhone 11 e iPhone 11 Max. O modelo "R" deverá contar apenas com duas câmaras traseiras.

Mudanças estéticas do iPhone 11 não serão muitas

Tirando a câmara traseira com 3 sensores, não se espera que os próximos iPhones sejam muito diferentes. A Apple tem sido muito comodista no que toca ao design dos seus equipamentos e este ano não será muito diferente.

Apple iPhone 11

A parte frontal do dispositivo deverá ser idêntica às anteriores. Ainda assim, alguns amantes da marca acreditam que existirá uma pequena redução no tamanho da notch frontal.

Reduzir a notch não será simples

Porém, reduzir a notch dos próximos iPhones será mais complexo do que se imagina devido à tecnologia imposta na parte superior do ecrã. Lembro que a Apple é a única empresa que nos dá um reconhecimento facial 3D e super sofisticado. Ou seja, para reduzir a notch a empresa americana teria de implementar a mesma tecnologia dos antecessores num local menor.

Passadas informações do analista do Barclays referiam que a empresa da maçã trincada introduzirá o sensor biométrico no ecrã, contudo, não nos próximos iPhones. Essa possibilidade será vista apenas nos modelos de 2020. Ou seja, nos iPhone 11S e iPhone 11S Max.

Em suma, embora este vídeo não nos garanta que o iPhone 11 venha a ser assim, as probabilidades são grandes. A minha única dúvida é no botão de silenciar que parece ligeiramente diferente e ainda não há fugas de informação ou rumores a indicar tal informação.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.