Instagram quer apanhar o TikTok com mais uma mudança

Bruno Coelho
Comentar

Uma das grandes mudanças no Instagram nos últimos tempo deu-se com a chegada dos Reels. Este conceito de vídeos criativos chega como alternativa ao TikTok, que popularizou o conceito primeiramente.

No entanto, atualmente, os Instagram Reels ainda contam com uma limitação que pode não agradar a alguns utilizadores. É que estes só podem ser produzidos com duração de até 60 segundos.

Reels do Instagram chegam em breve aos 90 segundos de duração

De forma tentar chegar perto do TikTok, o próximo plano do Instagram passa por aumentar o tempo de vídeo dos Reels para 90 segundos. Esta foi uma descoberta feita pelo tipster Alessandro Paluzzi, que a partilhou na rede social Twitter.

Como podes ver no tweet acima, o Instagram “está a trabalhar na possibilidade de se poder criar Reels com a duração de 90 segundos”. Na imagem partilhada pela fonte vemos a referência aos 90 segundos na parte superior esquerda.

Deves ter em conta que, por enquanto, esta é uma funcionalidade que se encontra em fase de testes. Isto significa que ainda não chegou a todos os utilizadores, e o Instagram ainda não revelou quando tal deve acontecer.

Este será mais um dos incrementos da duração dos Reels do Instagram. Inicialmente a funcionalidade foi lançado com limite de 15 segundos, passando posteriormente para 30 segundos. A duração foi dobrada em julho para 60 segundos.

Os incrementos na duração dos Reels são um passo natural para o Instagram. Isto porque, recorde-se, o grande rival TikTok já conta com vídeos com duração de até 3 minutos desde julho do ano passado.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi POCO X4 Pro 5G: primeiros segredos foram revelados
  • Apple AirPods Pro 2 serão o passo seguinte na história dos auriculares Bluetooth
  • Amazfit GTR 3 Pro ganha um novo recurso de saúde que o torna um smartwatch de topo
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.