Imagem do Xiaomi Mi Pad 4 revela como será o próximo tablet da marca

Filipe Alves

Imagem do Xiaomi Mi Pad 4 revela como será o próximo tablet da marcaEstá quase na hora de vermos o Xiaomi Mi Pad 4 a ser revelado de forma oficial. O tablet da Xiaomi será revelado em conjunto com o Redmi 6 Pro já no próximo dia 25.

Se até ao momento só tínhamos imagens do smartphone, hoje temos a ideia de como será o próximo tablet. Infelizmente não teremos grandes irreverências a nível de design comparado com os antecessores.

Vê ainda: Huawei: Há uma forma de teres Android quase puro nestes smartphones

Esperava-se que o Xiaomi Mi Pad 4 pudesse trazer um ecrã 18:9 com margens reduzidas e trouxesse um pouco de irreverência quando comparando com a concorrência, contudo, tal não acontecerá.

A imagem abaixo mostra-nos que o Xiaomi Mi Pad 4 contará com um ecrã de 8" polegadas com a ideologia 16:9 e margens idênticas aos modelos anteriores.

Xiaomi Mi Pad 4 chegará com preços a rondar os 200€

A câmara frontal ficará situada no centro e também não é desta que teremos colunas frontais no tablet. Visto que as margens são grandes não ficaria mal instalar as colunas frontais. Era uma forma de ter uma experiência melhorada para a visualização de conteúdo.

Quanto a especificações acredita-se que o Xiaomi Mi Pad 4 chegará com o processador Qualcomm Snapdragon 660, 4GB de memória RAM e 64GB de memória interna. Temos ainda um modelo com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento interno.

Foi referido que o valor da variante com 4GB de RAM chegará a 200€ e o de 6Gb de RAM a 260€.

Não me parece que o tablet chegará ao mercado português de forma oficial, porém, não será complicado comprar o gadget através dos típicos websites oriundos da China.

Assuntos relevantes na 4gnews:

IGTV do Instagram. Televisão (ainda) mais passiva que o YouTube

Facebook Messenger já traduz conversas entre idiomas distintos

Asus ZenFone 5 Review | Um gama-média a considerar

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.