Ideologia do OnePlus Concept One chegará em breve aos topos de gama da marca

Carlos Oliveira
1 comentário

A OnePlus estreou-se este ano na feira Consumer Electronics Show (CES) para apresentar o Concept One. Este equipamento destaca-se pela sua capacidade de esconder as câmaras do smartphone graças a um novo tipo de vidro.

Na mais recente entrevista de Pete Lau, CEO da OnePlus, ao The Verge, o executivo confirma que esta ideologia será aplicada nos topos de gama da marca. Embora não tenha revelado uma data para o acontecimento, Lau refere que será para breve.

OnePlus 8T poderá ser o primeiro a usar o vidro do Concept One

Dada a tendência da OnePlus para lançar dois topos de gama por ano, o OnePlus 8T é quem está em melhor posição para o receber. Até porque Pete Lau referiu que esta tecnologia ainda necessita de algum tempo extra para aperfeiçoamento.

Os modelos "T" da OnePlus costumam trazer pequenas novidades para justificar o seu lançamento. O ecrã 2K e uma taxa de atualização de 120Hz deverá ser lançado no OnePlus 8, logo este novo vidro afigura-se como a tal justificação que a empresa necessita para modelo do final de ano.

OnePlus Concept One usa vidro opaco para esconder as suas câmaras

A empresa chinesa diz ter-se inspirado em vidros usados nos carros - como, por exemplo, nos McLaren - para o desenvolvimento deste vidro. Em suma, quando não estás a usar a câmara a sua opacidade irá esconder as lentes, sendo estas rapidamente reveladas assim que abras a aplicação da câmara.

Além de oferecer uma estética diferente ao smartphone, este vidro pode ainda ser usado como um filtro. Em ambientes com muita luz, poderás usar a opacidade deste vidro simplesmente para filtrar a luz que entra no sensor.

Isto irá resultar em fotos com melhor qualidade sem qualquer truque de software. Imagina este vidro como uns óculos de sol que impedem que a incidência direta da luz, neste caso, no sensor.

A OnePlus diz ter demorado 18 meses no desenvolvimento deste novo vidro. Na altura da sua revelação, a empresa disse necessitar de mais algum tempo para o seu aperfeiçoamento, mas não deverá tardar até que chegue ao mercado.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.