IDC prevê novo 'boom' no mercado de smartphones durante 2021

Rui Bacelar
Comentar

A International Data Corporation (IDC) é uma das mais respeitadas agências de análise de mercado, tendo agora partilhado as suas previsões, um tanto otimistas, para o mercado dos smartphones. A entidade acredita numa recuperação sólida do mercado mobile.

Mais concretamente, segundo a IDC serão expedidos mais de 1,38 mil milhões de smartphones até ao final de 2021. Esta cifra representará um crescimento anual de 7,7% no volume de smartphones vendidos, retomando-se a tendência de crescimento.

A IDC aponta a maior retoma nos smartphones desde 2015

IDC smartphones
Previsão para o mercado global de smartphones em 2021. Crédito: IDC.

Ainda de acordo com a IDC, a tendência de crescimento deverá manter-se além deste ano, perpetuando-se em 2022. Será um continuar desta onda de retoma no setor, ainda que no próximo ano se espere um crescimento atenuado de 3,3% face a 2021.

Para a agência de análise de mercado este crescimento deve-se sobretudo à distribuição em larga escala da nova geração de smartphones preparados para a quinta geração de redes móveis (5G). Por outras palavras, os smartphones 5G cujo preço continua a diminuir e a oferta, a aumentar. São mais modelos equipados com esta tecnologia a preços cada vez mais competitivos.

É este o maior vetor de crescimento para o global de smartphones, com esta categoria a ter um aumento percentual de três dígitos. Em 2021 teremos assim mais smartphones com 5G a chegar ao mercado em todas as gamas e segmentos.

A China liderará o crescimento do mercado de smartphones

As previsões da IDC colocam a China como maior potência económica neste mercado. Será sobretudo o seu esforço que catapultará o mercado mobile para patamares que já não eram atingidos desde 2015, podendo ser responsável por metade de todos os smartphones 5G vendidos durante o presente ano.

Por outro lado, os Estados Unidos da América devem recuperar o segundo lugar no mercado mobile, sendo responsáveis por 16% de todas as vendas de smartphones com 5G. Em terceiro lugar estará a Índia, de acordo com o relatório da IDC.

Por fim, a agência de análise de mercado prevê que o custo médio de um smartphone 5G caia, em 2021, para 456 dólares. Será uma baixa de 12% face ao preço médio registado em 2020. Aliás, em 2022 este valor médio deverá tombar para 400 dólares.

Em síntese, estamos perante uma forte retoma do crescimento neste mercado mobile. A China é o motor de crescimento e o 5G o principal motivo para a compra de novos smartphones.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.