Huawei Honor smartphones económicos 2018
A tecnológica chinesa não descurará o segmento de entrada nem as ofertas de baixo custo.

Ren Zhengfei, o atual presidente da Huawei revelou recentemente que a marca vendeu mais de 153 milhões de smartphones em 2017. Números que analisamos aqui na 4gnews em todo o detalhe e contexto. A marca continua a crescer mas para manter as rivais como a Xiaomi à distância terá que continuar a apostar também no segmento de entrada. Nos smartphones mais económicos. É exatamente isso que vai fazer em 2018, uma aposta redobrada nos smartphones económicos.

Segundo avança a chinadaily, com cobertura da gizmochina, a tecnológica chinesa está perfeitamente ciente da realidade. Uma realidade em que grande parte dos consumidores opta pelos smartphones baratos. Pelas opções de entrada. Uma esmagadora maioria consumidores dá prevalência a estas ofertas bugdget.

Vê ainda: 22 aplicações gratuitas na Play Store para o teu Android

Nas palavras de Zhengfei, a Huawei cresceu 10% no número de smartphones e dispositivos móveis vendidos em 2017 face ao número registado em 2016. Para 2018 a marca quer aumentar esta cifra de smartphones vendidos. Para tal já tem uma estratégia bem definida para este novo ano. Passará, em parte, pelos smartphones económicos.

Huawei apostará também no mercado de smartphones económicos em 2018

Segundo estas fontes uma boa parte dos esforços e atenções da marca estarão concentrados no mercado de entrada e no mercado de gama média. Dando mesmo prevalência ao primeiro, à gama baixa onde encontramos os dispositivos mais modestos. Os smartphones económicos.

Segundo Zhengfei, por ocasião de uma reunião interna, o mercado global de smartphones poderá ser mais rentabilizado se a marca se focar nos dispositivos de entrada. É neste segmento que a Huawei se deve focar. É aí que os seus smartphones e dispositivos móveis devem brilhar.

Nas suas palavras “É importante utilizar os produtos de baixo custo para defender a nossa posição no mercado de smartphones de gama alta. Desta forma podemos optimizar os lucros. Os smartphones económicos ou de gama baixa conseguem satisfazer as necessidades do grande público. Em boa verdade, são capazes de dar resposta às necessidades de 95% de todos os consumidores do mercado global”.

Para criar um modelo de negócio bem equilibrado, Zhengfei acredita que os smartphones baratos ou de entrada podem defender a posição dos seus topos de gama. Para ele os lucros da Huawei podem ser otimizados se o volume de smartphones económicos conseguir sustentar as suas ofertas de gama alta.

Ren acrescenta ainda que mais de 90% da população mundial ficaria perfeitamente satisfeita com um smartphone de entrada. Para ele, um dispositivo / smartphone de gama baixa atualmente já é capaz de suprir as necessidades da esmagadora maioria dos consumidores.

Huawei continuará a apostar neste segmento de smartphones em 2018

Esta clara preferência dos consumidores sinaliza a presença de um enorme mercado que pode ser aproveitado pela Huawei. Se a grande maioria dos consumidores procura smartphones económicos, para 2018 a marca dedicará parte das suas atenções a este segmento de entrada.

Em boa verdade, a Huawei neste momento ainda não tem a capacidade para desafiar ponto a ponto as gigantes Apple e Samsung no segmento de gama alta. A própria Huawei tem noção disso mesmo. Daí, para 2018 termos uma aposta redobrada nos smartphones económicos e de gama média.

Nestes dois segmentos de mercado a marca tem uma posição bastante sólida. Contudo, não pode descuidar-se pois enfrenta cada vez mais a pressão das rivais como a Xiaomi. Veja-se este último relatório da agência Counterpoint. Mesmo assim, a Huawei tem investido cada vez mais no segmento premium e com boas razões para tal. Só assim é que pode ir crescendo.

Contudo, no mercado dos smartphones económicos as margens de lucros são muito mais magras. Não que isto impeça a marca de continuar a crescer a bom ritmo. Responsável por isso mesmo é a sua sub-marca, a Honor. Esta é cada vez mais procurada e respeitada em igual medida.

Seja em Portugal ou nos mercados internacionais, a Honor é uma marca que já associamos a produtos de alta qualidade. Todos eles com um preço louvável e baixo. Produtos que primam pelo design sem nunca descurar a performance, o desempenho e a experiência de utilização.

Honor 7X – uma das novas ofertas da Huawei:
Huawei smartphones económicos 2018
O Honor 7X é uma das suas novas ofertas

Mais ainda, basta olhar para estes dados da AppBrain para percebermos a extrema importância dos Huawei de gama média. Seja em 2015, 2016, 2017 e para 2018 adivinha-se um cenário semelhante assim que forem apresentados os novos Huawei P Lite. Desta feita, não admira que a marca queira continuar a apostar bastante nestes segmentos de mercado.

Aposta em smartphones económicos continuará em 2018

Note-se ainda que a Honor já confessou os seus planos, os seus desejos de aposta séria no mercado indiano. Podem ver aqui a nossa cobertura do tema.

Trata-se do 2º maior mercado mundial de smartphones e neste momento é dominado pela Xiaomi e pela Samsung. Um dos poucos mercados que não apresenta, para já, sinais de saturação e que continua crescer a um ritmo exemplar.

Se quiseres, e para não perderes os próximos artigos, listas, dicas e análises, fiquem atentos às nossas redes sociais como a página de FacebookInstagram. Estas são as nossas principais redes sociais.

E claro, no YouTube onde terás também as nossas LiveCasts semanais todas as segundas-feiras às 21:30, hora de Lisboa. Podes também descarregar a nossa app para Android, AQUI. Desta forma terás acesso a todas as notícias e novos conteúdos a partir do teu smartphone.

E tu, acreditas que a Huawei faz bem em apostar ainda mais nos smartphones económicos em 2018? Deixa-nos a tua opinião abaixo, nos comentários.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Google Play Store – Malware em apps afetou 7.5 milhões de Android’s

Energizer Power Max P600S – smartphone Android com 4500mAh de bateria

Samsung Galaxy S8 e S8+ podem receber o Dolby Atmos com o Oreo

Viachinadaily
Fontegizchina
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).