Huawei venderá 200 milhões de smartphones Android até ao dia de Natal

Rui Bacelar
Europa Huawei G10 Samsung Top 10 smartphone EMUI 6 Huawei Android Oreo Project Treble Huawei Mate 10 Pro EMUI 8.0
A fabricante chinesa teve um 2018 extremamente atribulado mas nem tudo são más notícias. @reuters

Esta que é a 2ª maior fabricante mundial de dispositivos móveis usufrui uma confortável posição em Portugal, sobretudo no segmento de gama média. Todavia, encontra-se totalmente barrada de mercados cruciais como os Estados Unidos da América. Ainda assim, nem tudo são más notícias para esta fabricante de smartphones Android.

Em primeiro lugar, certo é que o ano de 2018 tem sido repleto de problemas para a Huawei mas não sem que existam também motivos para celebrar. Isto é, uma simples pesquisa pelos termos Huawei e Estados Unidos apresentará um vasto histórico de desentendimentos.

Vê ainda: Google Play Store: Milhões de reviews e aplicações já foram removidas

Por conseguinte, os seus smartphones Android estão barrados no 3º maior mercado mundial de smartphones. Entretanto a administração Trump exortou também os seus aliados a boicotarem os produtos desta fabricante Android, um autêntico braço de ferro económico.

O ano de 2018 foi bastante tumultuoso para a Huawei

Em segundo lugar, as tensões continuam em alta, ainda que a diretora económica da Huawei já tenha sido libertada. Todavia, a acusação de violação das sanções impostas ao Irão e Coreia do Norte pelos Estados Unidos continua a ser imputada à fabricante chinesa. Ainda assim, a fabricante de smartphones Android tem conseguido crescer, sendo um caso de sucesso em praticamente todos os mercados mundiais, especialmente na China.

mercado de smartphones Android Huawei Xiaomi
O P20 Pro foi o melhor smartphone Android da marca durante a primeira metade do ano.

Em terceiro lugar, em 2018 a Huawei ultrapassou a Apple no 2 e 3º trimestre do ano para se tornar na 2ª maior fabricante mundial. Entretanto, a tecnológica chinesa espera atingir a sua meta de 200 milhões de smartphones Android vendidos durante este ano já no próximo dia 25 de dezembro.

A fabricante conseguirá vender 200 milhões de smartphones Android

Nesse sentido contribuem as vendas dos smartphones Android da própria marca bem como os da sua sub-marca, a Honor. Aliás, esta sua marca tem sido muito bem recebida no 2º maior mercado mundial de smartphones, a Índia. Ao mesmo tempo, é também um nome já bem conhecido na Europa.

Em suma, tudo leva a crer que em 2018 a fabricante chinesa conseguirá atingir e ultrapassar a fasquia dos 200 milhões de smartphones vendidos. Uma proeza digna de nota uma vez que em 2017 a marca vendeu "apenas" um total de 153 milhões de unidades.

Huawei Apple Samsung Xiaomi smartphones
A linha "Mate" com o modelo de 2017 e o modelo de 2018. Ambos com mais de uma câmara na sua traseira. Os topos de gama da Huawei. ©iFixit

Numa última nota, a meta das 100 milhões de unidades vendidas foi atingida em julho deste ano. Por conseguinte, cerca de 6 meses depois é com alguma naturalidade que vemos a marca a preparar-se para dobrar este valor.

Relembro ainda que o mercado de dispositivos móveis (smartphones Android e iOS) se encontra em estagnação. Tendência que afecta praticamente todas as fabricantes com a excepção notória da Huawei, OPPO e Xiaomi.

Por conseguinte, espera-se que o mercado dê sinais de recuperação já em 2019 segundo as previsões da agência IDC. Todavia, o crescimento a dois dígitos é uma realidade que nos continuará a iludir pelo menos até 2022 segundo esta mesma agência de análise de mercado.

Em suma, 2018 foi um ano bom para as vendas desta fabricante Android. Já por outro lado, a sua reputação não saiu a ganhar...

Editores 4gews recomendam:

13 aplicações e jogos Premium que estão Grátis na Google Play Store!

Aplicação Google começa a receber novo design com Material Design 2.0

Google Chrome para Android começa a receber o novo botão

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).