Huawei salta fora do TOP 5 de smartphones na China. Xiaomi é quem mais cresce

Bruno Coelho
Comentar

Desde o banimento por parte dos Estados Unidos em maio de 2019, a vida da Huawei no segmento mobile ficou difícil. Se nos trimestres seguintes se foi mantendo à tona, foi preciso pouco mais de um ano para desaparecer do TOP 5 de marcas mais vendidas de smartphones a nível mundial.

No entanto, a fabricante mantinha-se forte na China, onde os serviços da Google não fazem parte da equação. Mas o banimento por parte dos Estados Unidos também se aplica ao hardware, e isso já se faz sentir no país natal da Huawei.

O relatório mais recente da IDC para o segundo trimestre de 2021, mostra quais as fabricantes de smartphones mais vendidas na China. E a Huawei já não figura nos cinco primeiros da lista, fazendo parte dos “outros”.

Vivo é a marca mais vendida na China. Oppo e Xiaomi por perto

Segundo os dados da IDC, a Vivo conta com 18,6 milhões de unidades vendidas neste trimestre, conseguindo uma quota de mercado destacada de 23,8%. Em segundo lugar aparece a Oppo, com 16,5 milhões de unidades vendidas e 21,1% de quota de mercado.

Huawei sai do TOP 5 do ranking de smartphones na China
Huawei sai do TOP 5 no ranking de smartphones na China

A fechar o pódio encontramos a Xiaomi. A fabricante chegou recentemente ao segundo lugar do ranking mundial, sendo agora terceira no país natal, com 13,4 milhões de unidades vendidas e 17,2% de quota de mercado.

Mais abaixo encontramos a Apple, que tem na China uma quota de mercado de 10,9%. Isso foi conseguido com 8,6 milhões de unidades vendidas neste segundo trimestre. No quinto lugar encontramos a Honor, agora separada da Huawei. Esta conta com 8,9% de quota de mercado e 6,9 milhões de unidades vendidas.

Nos “outros” onde se inclui a Huawei, há uma parcela de mercado de 18,1% e 14,1 milhões de unidades vendidas. E é bom salientar que no TOP 5 todas venderam mais do que em 2020, tirando a Honor.

Honor foi a única a perder terreno. Xiaomi a que mais ganhou

Durante este período, a Honor vendeu menos 46% dos smartphones face ao mesmo período de 2020. E isto deve-se muito ao facto de não ter lançado novos equipamentos. A maior subida percentual é da Xiaomi: 47%.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.