Qualcomm pode apresentar hoje a nova tecnologia Adreno Turbo

Rui Bacelar
Qualcomm Adreno Turbo GPU Huawei
Em breve teremos uma tecnologia similar à GPU Turbo da Huawei.

Os nossos smartphones e dispositivos móveis são cada vez mais a nossa consola portátil. Agora, poucas semanas após a apresentação da tecnologia GPU Turbo da Huawei poderemos ficar a conhecer a já aqui referida alternativa da Qualcomm. Chamar-se-á Adreno Turbo e promete revolucionar os gráficos dos nossos dispositivos.

Da mesma forma que a Huawei surpreendeu o mercado e a indústria ao apresentar a sua GPU Turbo, a Qualcomm pretende fazer o mesmo. Mais ainda, agora que esta mesma tecnologia já está a chegar aos smartphones da Huawei, os seus benefícios começam a ser relatados pelos utilizadores.

Vê ainda: Sony Xperia XZ3: Vídeo mostra-nos o que esperar do smartphone Android

Algo que certamente não passou despercebido à tecnológica norte-americana, responsável (entre outras coisas), pelos processadores Snapdragon. Pelas gráficas Adreno e por vários outros componentes e tecnologias que utilizamos diariamente nos nossos dispositivos.

Agora, esta mesma Qualcomm deixa antever a sua próxima aposta. A imagem que ilustra o topo deste artigo é bastante clara. No dia 25 de julho (hoje), chegará uma nova tecnologia (intrincada) da empresa. Para além da imagem a empresa partilhou também um pequeno vídeo na sua página oficial da rede social chinesa, a Weibo.

Huawei tem a GPU Turbo, Qualcomm a Adreno Turbo

O vídeo em si, apesar de não nos ser possível partilhar diretamente neste artigo, indica-nos que as novidades assentarão no software. Posto isto, dúvidas restassem sobre a natureza desta "surpresa" da Qualcomm, foram agora desfeitas. Teremos sim, um novo sistema de processamento gráfico que promete melhorar a eficiência energética e a performance (desempenho) gráfico. Mais ainda, acredita-se que esta tecnologia esteja presente na linha de topo, nos atuais Snapdragon 845.

De momento não sabemos se esta mesma tecnologia chegará aos processadores de gama baixa e gama média. Isto é, nada foi dito relativamente à sua compatibilidade com a linha 400 e a linha 600 (e 700). Teremos que aguardar por mais detalhes.

Já numa última nota, o próprio nome desta tecnologia ainda não foi confirmado. O texto presente na imagem (teaser) promete apenas algo mais rápido, mais leve e sem frustrações.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Qualcomm estará a desenvolver tecnologia concorrente à GPU Turbo

Google Chrome: As novidades de segurança são uma treta, sabe porquê!

Sony Xperia XA3 poderá ser apresentado na IFA 2018

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).