Huawei prepara novo processador bem mais poderoso que o Kirin 990

Carlos Oliveira
Comentar

Os rumores em torno do próximo processador topo de gama da Huawei já começam a circular. Ao que tudo indica, o próximo SoC ficará conhecido como Kirin 1020 e terá um aumento de performance de 50% face ao Kirin 990 que equipa o Mate 30 Pro.

Caso estes valores se venham a confirmar, veremos um aumento de desempenho surpreendente entre gerações. Como termo de comparação, o novo Snapdragon 865 é apenas 20% mais poderoso que o seu antecessor.

O que se sabe do novo Kirin 1020

  • 50% mais poderoso que o Kirin 990
  • Desenvolvido na litografia de 5 nanómetros
  • Núcleos Cortex-A77
  • Suporte para 5G

Este aumento de performance dever-se-á à utilização dos novos núcleos Cortex-A77, que também podemos encontrar no Snapdragon 865. Além disso, a Huawei passará a usar a litografia de 5 nanómetros contra os 7 nanómetros do Kirin 990.

Huawei Kirin

Quanto menor for o processo de litografia, maior será a potência e eficiência do processador. Isto porque serão incluídos mais transístores dentro do processador.

Outro dado interessante é o suporte exclusivo a redes 5G. Isto significa que todos os smartphones que a Huawei lançará com este processador estarão prontos para as novas redes móveis, mas igualmente capazes de funcionar em redes 4G.

A Huawei costuma andar sempre atrás da Qualcomm no que toca aos seus processadores. Para teres uma noção, o Kirin 1020 será o rival do Snapdragon 865, porém, o SoC da Huawei só chegará ao mercado em outubro com os novos Mate.

Isto significa que se a Huawei não mudar esta política, este incrível ganho de performance poderá ser em vão. Na altura em que ele chegar ao mercado, já muitos poderão ter optado por outro equipamento com Snapdragon 865.

Os gama média da Huawei também terão suporte para 5G

A mesma fonte dá-nos ainda a saber um pouco mais do futuro Kirin 820. Este novo SoC será destinado aos equipamentos intermediários da Huawei e terá suporte para redes 5G.

É ainda dito que o primeiro equipamento a recebê-lo será o Huawei Nova 7 ou 10X. Modelos que certamente só serão introduzidos no próximo ano.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.