Huawei P20 câmara Android DSLR
A fabricante chinesa não está com meias medidas e compara o seu smartphone a uma DSLR.

Estamos a menos de 15 dias da apresentação oficial dos novos Huawei P20. O próximo “trio” de ataque da fabricante chinesa chegará no dia 27 de março. Ora, até lá continuará o intenso motor de marketing. Tudo isto para aumentar a expectativa em torno do seu próximo alinhamento de luxo. Agora, temos uma comparação com uma câmara DSLR.

A marca promete-nos uma “Renascença” na fotografia a acontecer em Paris, cidade que acolherá a sua próxima grande apresentação. Agora, para reforçar essa mesma ideia, a Huawei acaba de publicar um vídeo no seu canal oficial de YouTube. Aí, as suas ambições são claramente visíveis.

Vê ainda: OnePlus 6 devia tirar algumas lições do smartphone OPPO R15

Esta que já é a terceira maior fabricante mundial de dispositivos móveis e a maior fabricante na China, quer voltar a surpreender com as suas câmaras. Promete uma “câmara mais brilhante”. Quer deixar-te a “Ver mais” com os seus Huawei P20 e não hesita em comparar o seu produto com uma câmara fotográfica DSRL (Digital Single Lens Reflex).

Note-se que este já não é o primeiro vídeo teaser publicado pela marca mas acaba por ser o mais ambicioso e o mais direto. Promete-nos que a aposta da marca na câmara fotográfica será maior do que nunca. Uma celebração da fotografia, uma revolução para a fotografia com o smartphone.

Huawei P20 promete superar uma câmara DSLR

Será particularmente interessante ver como será classificado o Huawei P20 e Huawei P20 Pro depois de os Samsung Galaxy S9 Plus dominarem a DxOMark. Este último, a par do Google Pixel 2 e do iPhone X da Apple ocupam os lugares cimeiros deste ranking elaborado pelos peritos em fotografia e câmaras da DxO. Neste momento a melhor posição alcançada por um dispositivo da Huawei seria o 4º lugar, atrás do iPhone X (3º lugar).

Duas ou três câmaras, eis a questão!

câmara DSLR Huawei P20 Xiaomi Mi MIX 2S Huawei P20 Pro Huawei P20 Lite
O smartphone será apresentado muito em breve, em Paris já no dia 27 de março.

A parceria e aposta séria da Huawei na qualidade fotográfica começaria em 2016 quando estabeleceriam a parceria com a Leica. Desde então os seus smartphones tem melhorado consideravelmente neste quesito. Sobretudo com a aposta no Preto e Branco. O trunfo dos Huawei P10 e mesmo nos Huawei P9, pioneiros na inclusão de duas câmaras na sua traseira.

Comparar uma DSLR com a câmara dos Huawei P20

Agora, para 2018 a Huawei quer conquistar a tabela da DxOMark. Quer chegar ao primeiro lugar. Quer que tu vejas mais e mais próximo “See closer” – referência ao zoom ótico. Quer também que, com a sua câmara, tenhas imagens mais brilhantes – “See brighter”. Será esta uma referência a imagens com mais luz? Uma maior abertura da lente ou uma valor de ISO superior?

Pessoalmente acredito que estas referências sejam indícios de uma nova lente com zoom ótico de pelo menos 2X. Afinal de contas com 3 sensores fotográficos no Huawei P20 e Huawei P20 Pro a marca pode seguir esta via. Alternativamente poderemos ter também um sensor com maior abertura focal. Este foi o rumo seguido pela Samsung com os seus Galaxy S9 dotados de uma abertura variável de lente capaz de atingir os f/1.5.

Agora, para superarem uma câmara DSLR a nível de “brilho” poderemos ter também uma aposta na luminosidade capturada pelo sensor. Isto pode ser conseguido de duas formas, sendo a primeira o aumento da abertura da lente. A segunda será o aumento da sensibilidade do sensor fotográfico à luz. Esta sensibilidade é traduzida pelo valor de ISO, quanto maior, maior será a sensibilidade do sensor à luz que nele incide.

Sensor monocromático, sensor RGB e um terceiro com…?

Já por outro lado, um maior valor de ISO acarreta a desvantagem de aumentar o grão ou ruído digital na imagem. Algo que poderá ser controlado, de certa forma, com o recurso ao software. Resta saber se a Huawei enveredará ou não por rumo. Algo que começa a fazer sentido uma vez que nos últimos meses a marca tem divulgado com fartura a sua Inteligência Artificial (IA). Poderá a sua câmara competir com uma DSLR?

Huawei P20 câmara DSLR
A apresentação da marca trará uma “Renascença” na fotografia com dispositivos móveis. ©reuters

Outra das empresas que faz maravilhas com o software de processamento da imagem é a Google. Aliás, com um só sensor fotográfico os Google Pixel 2 figuram em 2º lugar na DxOMark, provando que quantidade não é sinónimo de qualidade. Claro, aqui teremos que esperar para ver qual será a abordagem efetiva da Huawei com os seus Huawei P20 e Huawei P20 Pro.

Câmara com alinhamento vertical nos Huawei P20 e P20 Pro

Apesar de o vídeo não nos dar qualquer luz sobre o alinhamento ou orientação das câmaras traseiras. Várias fugas de informação já o fizeram. Teremos um alinhamento vertical para os seus sensores e poderemos ter ainda uma Porsche Edition, essa sim com alinhamento horizontal.

Note-se que nenhuma destas informações deve ser encarada ou interpretada como vinculativa. Até ao momento da apresentação oficial do produto tudo poderá mudar. Já a nível de preços, segundo os rumores anteriores, temos já uma boa ideia do que esperar. Com efeito, o P20 Lite poderá custar 369€, o Huawei P20 standard custará 679€. Por último, o Huawei P20 Pro custará um total de 899€.

Assuntos relevantes na 4gnews:

“Burn-in all” – O futuro dos ecrãs de todos os Samsung Galaxy

Xiaomi e OPPO trarão o processador Helio P60 nos seus smartphones

Sony explica a remoção da entrada de headphones para o Xperia XZ2

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).