Android: Huawei e OPPO novamente apanhadas a mentir em benchmarks

Filipe Alves

Android: Huawei e OPPO novamente apanhadas a mentir em benchmarksA Huawei e OPPO foram apanhadas novamente a mentir em benchmarks. Para os amantes de tecnologia e seguidores da 4gnews sabem que a postura da Huawei face às benchmarks não é propriamente a mais correta.

O que é demais é erro! A Huawei está a exagerar na forma como está a lidar as benchmarks e a fazer com que olhemos para este tipo de aplicações de uma forma pouco séria. Se há uns anos para muitos era um fator de escolha, com as fabricantes a mentirem desta forma, é mais uma aplicação sem sentido.

Vê ainda: Guia essencial para seguir encomendas: sites, apps e dicas

A Huawei já foi apanhada a mentir anteriormente nas ocasiões. Contudo, não foi a única. A OnePlus e OPPO também já passaram pelo mesmo. Aliás, a Samsung foi das primeiras a ser apanhada a fazer isto há uns anos.

Com a finalidade de nos dar resultados finais mais apelativos, alguns fabricantes alteram o software dos seus smartphones para que reconheçam aplicações de benchmarks. Ou seja, quando é executado uma App de benchmarks, os terminais com esta "característica" dão mais do seu processador e especificações. Algo que nunca aconteceria "na vida real". Os smartphones puxam ao extremo só para terem pontuações mais apelativas.

Huawei e OPPO novamente na confusão das benchmarks

O website Firstpost da Índia decidiu testar alguns equipamentos e ver até que ponto é que estavam ou não a mentir nas benchmarks. Basicamente serviram duas aplicações idênticas aos smartphones. Uma das aplicações era a típica que se pode baixar para o smartphone para medir benchmarks. A outra era idêntica, contudo, mascarada. De forma a que os smartphones não soubessem que era uma aplicação de benchmark. Ou seja, iriam ter um desempenho verdadeiro.

Estes foram os smartphones testados:

  • Honor 10
  • P20 Pro
  • Nokia 7 Plus
  • OnePlus 6
  • Find X
  • Pocophone Poco F1
  • Realme 1
  • Realme 2
  • Redmi Note 5 Pro
  • Samsung Galaxy Note 9

Nos gráficos a preto vemos a aplicação em que o smartphone deteta que é uma benchmark e mete os esteróides. A amarelo temos a mesma aplicação mas mascarada, ou seja, os resultados reais.

Enquanto que no Note, OnePlus 6, Xiaomi Pocophone ou até Nokia 7 Plus vemos resultados muito idênticos, nos resultados dos Huawei e dos OPPO aquilo é uma desgraça. Honor 10, P20 Pro e OPPO Find X mentem tanto que nos levam a questionar a sua verdadeira potência.

Apesar das benchmarks não serem assim tão relevantes, considero uma verdadeira falta de carácter mentir simplesmente para ter mais pontuação. No final do dia, quando chegam acima do palco para dizer o nosso é mais potente que aquele... Será que vamos acreditar?

A desculpa da Huawei no passado foi: "Se os outros também fazem, nós também fazemos". Neste exemplo vemos que a Huawei e a OPPO é que se mostram com mais vontade de enganar os seus consumidores. Enquanto isso, temos marcas que realmente fazem smartphones potentes.

Editores 4gnews recomendam:

Honor View 10 começa a receber a desejada atualização

Xiaomi: Entende o problema que está a envolver as ROMs neste momento

OnePlus 6T: as expectativas e o que já sabemos deste Android

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.