Huawei Nova: Análise / Review em Português

Rui Bacelar

O Huawei Nova.

Design e qualidade de construção

Sempre com a elegância em mente o Huawei Nova tem algumas semelhanças com o Huawei Nova. Este sensor biométrico está localizado no seu painel traseiro e é facilmente localizável mal pegamos no smartphone.

Performance e Desempenho

Atentemos agora na Performance e Desempenho do Huawei Nova vem equipado com um processador da Qualcomm, o Snapdragon 625 que tem 8 núcleos de processamento com velocidades até 2 Ghz. É acompanhado pela gráfica Adreno 506, além de 3GB de memória RAM e 32GB de memória interna expansível via microSD até 200GB. Aqui terás que utilizar uma das duas slots para cartões nano SIM caso queiras utilizar um cartão microSD.

As suas especificações num vislumbre:

  • Ecrã de 5 polegadas IPS LCD
  • Resolução Full-HD 1080p com 441ppi
  • Processador Snapdragon 625 octa-core a 2Ghz
  • 3GB de memória RAM
  • 32GB de armazenamento interno expansível via microSD
  • Bateria de 3020 mAh
  • Android 6.0 Marshmallow (EMUI 4.1)
  • Câmaras de 12MP e 8MP

Este Huawei Nova tem alguns comandos por gestos, uma excelente barra de notificações e atalhos, sem gaveta de aplicações, algumas ferramentas úteis no dia-a-dia como o gestor do smartphone que te cuida da limpeza de arquivos inúteis e vai gerindo a bateria. Em suma, uma interface bastante abrangente mas sem cair em exageros e sem se tornar pesada mas reconheço que ainda há bastante margem para melhoria.

Ecrã

O ecrã deste Huawei Nova é perfeitamente satisfatório para todo o tipo de utilizadores e para praticamente todo o tipo de utilizações, desde jogos, vídeo, texto ou redes sociais. Bom detalhe, bom reconhecimento dos toques e interação com a tela. A única situação em que ele não deslumbrará será para os conteúdos em realidade virtual, aí a sua resolução (Full-HD 1080p) poderia ser um pequeno entrave.

Câmaras: Fotografia e Vídeo

A câmara fotográfica principal do Huawei Nova.

Por último, a gravação de vídeo a 1080p Full-HD ou a 4K Ultra-HD apresenta as mesmas características na fotografia com a câmara principal. As cores são boas e os detalhes estão lá, só sentimos a falta de um mecanismo de estabilização ótica da imagem, isto porque o software de estabilização dá-nos o efeito "gelatina". Dará para gravar vários vídeos e a possibilidade de gravação a 4K é sempre um ponto positivo.

Autonomia

O Huawei Nova aguenta-se bem ao longo de um bom dia e se quiseres podes perfeitamente utiliza-lo durante dois dias, sem problemas. Em alternativa, se fores um Gamer tens aqui um smartphone que te aguente um dia de intenso jogo, algo bastante raro hoje em dia.

A sua autonomia é consideravelmente superior à dos seus concorrentes diretos e só falta aqui a capacidade de carregamento rápido ou o carregamento sem-fios mas, quando tens autonomia para dois dias e com cerca de 6 a 7 horas de ecrã ligado que mais podes querer?

Conclusão

O Natal Tech.

Talvez queiras ver:

Samsung Galaxy C7 Pro passa pela FCC e revela capacidade da bateria

Facebook Messenger já possui funcionalidade para chamadas de vídeo em grupo

Futuro Samsung Galaxy Note 8 poderá conter uma bateria feita pela LG

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.