Huawei Mate SE será revelado na MWC com... MicroUSB

Filipe Alves

Huawei Mate SE será revelado na MWC com... MicroUSBO mundo prepara-se para mais uma Mobile World Congress (MWC) em Barcelona e a Huawei prepara-se para revelar um Huawei Mate SE. Se havia dúvidas sobre o objetivo da marca nos últimos anos, acredito que esta revelação de mais um "mate" possa esclarecer qual o seu primário objetivo.

A Huawei quer saturar o mercado de gama-média. Com terminais apresentados nos últimos meses, a marca asiática não poupa em esforços para nos trazer dispositivos do segmento intermediário sem grande justificação entre si.

Vê ainda: Apple. Silicon Valley estima que a empresa não existirá daqui a seis anos

Com o P20, P20 Lite e Plus a serem revelados no dia 27 de março, a marca chinesa contará com uma frota inacreditável nas nossas prateleiras. Se contarmos com a Honor, sub-marca da Huawei, a empresa terá smartphones até dizer chega que não se diferenciam por muito.

Olharemos de uma forma mais direta em todos os smartphones de gama-média que deverão estar nas nossas lojas já depois do P20.

  • P20 Lite (ainda não revelado)
  • P10 Lite
  • P9 Lite
  • P8 2017
  • Honor 7X
  • Mate 10 Lite
  • Mate SE

Tudo isto sem contar com os topos de gama que também estarão na linha da frente no marketing e escolhas dos portugueses.

Não condeno por a marca querer encher o mercado com smartphones idênticos, condeno sim, a falta de vontade de querer oferecer um produto a pensar no futuro.

Huawei Mate SE chegará na MWC com especificações de 2018 e MicroUSB de 2007

Os terminais de gama-média da Huawei são de qualidade, não me entendas mal, mas a insistência em entradas MicroUSB para carregamento faz-me questionar a verdadeira vontade da Huawei querer satisfazer os seus clientes.

Numa imagem do alegado manual do Huawei Mate SE, vemos algumas das características. Teremos um terminal com dupla-câmara, ecrã 18:9 com margens reduzidas e entrada de carregamento MicroUSB.

Lembro que a Huawei trouxe pela primeira vez o USB-C com o Huawei P9 em 2016. Se sou crítico face à remoção da entrada 3.5 jack para os headphones (que até sou a favor), ei-de cair forte nas marcas que nos apresentam smartphones com entradas MicroUSB.

Apresentar-nos um terminal novo em 2018 com uma entrada MicroUSB de 2007 é tapar os olhos aos clientes. É simplesmente não querer oferecer uma característica importante para o futuro mas que as pessoas não costumam prestar atenção. Cabe às fabricantes dar-nos um futuro melhor. A entrada USB-C já devia ser obrigatória para terminais de gama-média e gama-alta.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Android. BlackBerry Motion revela uma certificação IP67 dúbia

Samsung Galaxy J4 chegará ao mercado com Android Oreo 8.0

Samsung Galaxy S9. Antecipação pelo novo Android é quase palpável!

Fonte

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.