Huawei Mate 30 Pro: Mais pistas sobre as possibilidades da sua câmara

Filipe Alves
Comentar

O Huawei Mate 30 Pro será a próxima obra prima da Huawei. A empresa chinesa teve alguns problemas no decorrer de 2019 devido ao governo dos EUA, contudo, nem isso lhes fez abrandar as vendas ao registar um crescimento de 20%.

Assim sendo, o mundo está atento ao que aí virá. O Huawei Mate 30 Pro e as suas câmaras deverão ser mais um ponto de interesse. Já no ano passado o Mate 20 Pro surpreendeu com uma fotografia fora do normal e este ano o P30 Pro mostrou que está pronto para continuar o legado.

Huawei Mate 30 Pro

Câmaras do Huawei Mate 30 Pro

Hoje a marca asiática registou o nome "SuperSensing" na EUIPO (entidade de marcas registadas da União Europeia) e prevê-se que a tecnologia venha a ser implementada no Huawei Mate 30 Pro.

Esta tecnologia não é propriamente nova, até porque o Huawei P30 Pro já tem no sensor principal a tal de "SuperSensing", contudo, com o registo oficial, podemos ver que a Huawei quer salvaguardar não só a tecnologia como o nome.

Esta funcionalidade dá-nos ao smartphone uma maior qualidade de fotografia em situações com pouca luminosidade. Se tens um topºo de gama Huawei, falo mais concretamente da características "noite" que te aparece na câmara. Onde o smartphone grava durante uns segundos e junta todas essas imagens numa fotografia com mais brilho e HDR mais puxado.

Huawei Mate 30 Pro olhará mais para o vídeo

O passado registo dos nomes "Camera Matrix" e "Cine Lens" revela-nos ainda que este novo topo de gama olhará também para o vídeo. Ainda não sabemos em concreto qual será a bruxaria introduzida nos sensores para fazer deste terminal uma estrela de cinema, porém, a Huawei já nos habituou a esperar boas coisas das suas inovações fotográficas. O Huawei Mate 30 Pro deverá ser revelado em outubro ou novembro e mal vejo a hora que tal aconteça.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.