Huawei Mate RS Porsche Design
Depois da experiência com o Mate RS Porsche Design, teremos a implementação do sensor no ecrã.

Foi no dia 27 de março, em Paris, que a fabricante chinesa surpreendeu o mundo quando apresentou o seu primeiro smartphone Android com o leitor biométrico sob o ecrã. O Huawei Mate RS Porsche Design possui dois sensores de impressões digitais. Um na traseira e outro já sob o ecrã, uma experiência que preparará o terreno para o Huawei Mate 20.

Com efeito, o Mate RS foi concebido para testar novas tecnologias e sondar a recepção do mercado e consequentemente dos consumidores. Neste momento não temos a menor dúvida de que o Huawei Mate 20 já trará o sensor biométrico sob o vidro do ecrã. Provavelmente na variante Pro.

Vê ainda: Motorola Moto G foi o grande impulsionador dos gama média Android

Agora que a Huawei já apresentou a sua nova série de smartphones topo de gama, os P20 e P20 Pro, as suas atenções já estão naturalmente centradas nos phablets de gama alta. Com efeito, em 2018 teremos uma nova gama de produtos, os Huawei Mate 20 para o segmento de gama alta.

Com base nos vários anos de experiência enquanto techblogger na 4gnews, soubemos desde o momento em que foi apresentado o Mate RS que essa seria a base para os Huawei Mate 20. Não é preciso ser um génio para ver os sinais, claro, que diante de nós se apresentam.

Huawei Mate 20 chega com leitor de impressões digitais

Neste momento a imprensa internacional avança também que o Huawei Mate 20 apresentará uma câmara tripla, aqui à semelhança do Huawei P20 Pro. Mais uma vez, são passos esperados ou mesmo óbvios tendo em conta a estrondosa adesão à gama de produtos “P20”. Mais ainda, é certo que o Huawei Mate 20 incorpore a próxima geração de processadores feitos pela própria marca, o Kirin 980 da HiSilicon. De igual forma, é natural que incorpore o leitor de impressões digitais sob o ecrã. Tecnologia que tem vindo a ser desenvolvida pela própria Huawei nos últimos meses.

Huawei Mate 20 Huawei Mate RS Porsche Design Samsung Android Huawei Porsche Design Mate RS Android Oreo 1
O dispositivo móvel é dotado de carregamento sem-fios. Algo inédito nos dispositivos móveis da marca.

Note-se que neste momento ainda não surgiram fugas de informação alusivas ao Huawei Mate 20. Todavia, é provável que este terminal Android chegue ao mercado com a tecnologia de carregamento sem-fios. Algo que também foi implementado no Mate RS.

Os próximos Huawei Mate 20 será idênticos ao Mate RS Porsche Design

Relativamente à capacidade de bateria ainda temos algumas dúvidas. De momento é impossível ter certezas, não sendo de descartar um aumento da sua capacidade para mais de 4000mAh. Todavia, a inclusão do carregamento sem-fios seria um forte passo na direção certa.

Outra das características que deverá migrar do Mate RS para o Huawei Mate 20 (Pro), será o aumento na resolução do ecrã. Note-se que neste momento o Mate 10 Pro apresenta uma resolução Full-HD+. Já o Mate RS possui uma resolução Quad-HD+ que deverá migrar para a próxima geração da linha “Mate”.

É perfeitamente natural vermos a fabricante chinesa a utilizar um dos seus dispositivos mais exclusivos para testar novas tecnologias. Agora, certa de que serão bem recebidas no mercado, é igualmente expectável que estas marquem presença nos Huawei Mate 20. Especialmente na versão Huawei Mate 20 Pro.

O que podemos esperar do Huawei Mate 20?

A próxima geração de topos de gama Android da fabricante chinesa já começam a despertar alguns rumores na internet. Com efeito, espera-se que tanto o modelo Pro como o modelo standard do Huawei Mate 20 partilhem grande parte das suas características.

Aqui muito à semelhança do que sucedeu entre o Mate 10 e o Mate 10 Pro poderemos ter um ecrã de 5.9 polegadas. Mais ainda, o display na versão base deverá contar com o formato tradicional de 16:9. Já na versão “Pro” deveremos ter um ecrã de 6 polegadas com o novo formato 18:9, provavelmente sem notch.

Software – Android Oreo ou Android P?

Acredita-se que ambas as versões estejam dotadas de um painel AMOLED. Display com a resolução a variante entre o Full-HD+ e o Quad-HD+. Isto para a versão standard e para a versão Pro, respectivamente.

Já a nível de memória RAM é provável que a versão standard tenha 4GB de RAM. Aqui ao passo que a versão Pro opte por 6GB. De igual forma, poderemos ter 64GB de armazenamento nativo e 128GB de memória interna. Neste ponto é extremamente provável que as nossas previsões se venham a verificar.

Por último, é ainda precoce para saber qual será a versão do sistema operativo Android utilizada pela Huawei. Todavia, caso esteja pronta a tempo, não temos a menor dúvida que a marca utilizará a mais recente versão do sistema operativo Android com a sua EMUI.

Mantendo-se fiel ao seu calendário de apresentações a Huawei deverá apresentar os Huawei Mate 20 durante o mês de outubro.

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).