Huawei Samsung China
A Huawei continua a liderar o seu mercado caseiro

O mercado tecnológico tem cada vez mais concorrência com os seus vários protagonistas a lutarem constantemente pelos lugares cimeiros. A China é já o maior mercado a nível mundial e as principais marcas dominantes do mesmo podem ser uma surpresa para muitos. Nesse sentido, como será que marcas como a Apple, Samsung, Huawei ou Xiaomi se comportam nesse mercado?

Vê ainda: Ai.Type – Dados de milhões de utilizadores Android divulgados na Internet

É aqui que entram em jogo as várias empresas de análise de mercado. É através delas que ficamos a conhecer quem são as empresas dominadoras do mercado, aquelas que mais utilizadores têm vindo a conquistar ao longo de um determinado período de tempo, num determinado mercado ou a nível mundial.

   

Hoje daremos uma especial atenção à China, o maior mercado do mundo. Este continua a ser liderado pela Huawei mas com uma Samsung cada vez mais distante. Os dados que servem de base para o presente artigo foram divulgados pela Kantar Worldpanel e são referentes ao intervalo temporal de agosto a outubro de 2017.

Segundo os dados fornecidos pela fonte, os principais protagonistas do mercado chinês são a Huawei, Xiaomi, Apple, vivo e Oppo. É ainda interessante notar que o conjunto destas cinco empresas tecnológicas representam 91% das vendas de smartphones registadas na China.

Aprofundando um pouco mais estes dados, sabe-se ainda que a Huawei, vivo e Oppo são as líderes de vendas em lojas físicas. Já no que concerne às lojas online, é a Xiaomi quem domina. Apesar de também possuir Mi Stores oficiais naquele mercado, o segmento online continua a ser a praia desta empresa.

A Huawei continua a liderar na China, com uma Samsung cada vez mais distante

A Kantar faz ainda referência ao facto de empresas como a Meizu, LeEco, Coolpad, ZTE ou Lenovo já terem estado na mesma trajetória onde a Xiaomi se encontra hoje. Uma trajetória bem promissora em direção ao topo do mercado, porém as coisas acabaram por não correr como desejado para estas. Será este um aviso à Xiaomi?

Mas afinal onde para a sul-coreana Samsung, a maior construtora Android e líder do mercado mundial de smartphones? A realidade é que a sua presença continua a diminuir, tendo agora alcançado apenas 2.2% daquele mercado.

Repara que neste momento os dois lugares cimeiros do mercado mundial de smartphones são ocupados pela Samsung e Huawei, respetivamente. Contudo, quando olhamos para o mercado caseiro da segunda as coisas são completamente diferentes, com a Samsung a não ter o mesmo tipo de adoção que possuiu nos restantes.

Por fim, a Kantar fez ainda um estudo à evolução da adoção dos mais variados sistema operativos móveis por esse mundo fora. Entre agosto e outubro, o Android foi capaz de crescer 4.3% na Europa e 8.2% nos EUA.

Já quanto ao iOS regista-se o oposto, com este sistema operativo a perder 7.6% de mercado nos EUA e em alguns países europeus as perdas ascendem aos 8.5%. Este é um reflexo da chegada tardia do iPhone X ao mercado, fazendo com que muitos dos seus fãs tivessem de aguardar até novembro para deitaram as mãos ao mesmo.

Nota-se que este foi um trimestre muito bom para o Android, mas será interessante ver o seu desempenho face ao seu principal concorrente nos últimos três meses do ano. Quanto ao domínio do mercado chinês, não temos aqui grandes surpresas, ficando mais uma vez vincada a popularidade que as marcas nacionais têm no mesmo.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Bloomberg – Xiaomi já é uma das marcas mais valiosas

HTC U12 – Será este o próximo Android sem bezels?

Bitcoin – Criptomoeda volta a bater novo recorde e estabiliza nos $12 mil

Viagsmarena
Fontekantar worldpanel

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.