Huawei implacável com responsáveis pelo acidente "Twitter for iPhone"

Vitor Urbano
Huawei Apple Twitter for iPhone 2019
A Huawei foi a primeira fabricante a tomar medidas públicas perante o insólito acidente "Twitter for iPhone"

Ainda que as suas vendas continuem a bater recordes, a Huawei não começou o ano da melhor forma possível. 'Meio mundo' estava a falar sobre a fabricante nas primeiras horas de 2019, e não era sobre os seus smartphones.

Tudo começou porque, mais uma vez, uma fabricante Android utiliza um Apple iPhone para realizar publicações no Twitter. Sinceramente, parece que nunca mais aprendem, visto que continua a acontecer regularmente.

Vê ainda: Google começará a cobrar a Huawei, Xiaomi e ZTE pelo sistema Android

No entanto, para além do habitual 'turbilhão de memes' e brincadeiras que surgiu online de imediato, a fabricante chinesa parece ter sido a primeira a tomar acções mais drásticas para com os seus funcionários.

Huawei despromove 2 funcionários responsáveis pelo incidente "Twitter for iPhone"

De acordo com a Reuters, numa mensagem interna enviada pelo Vice-Presidente da Huawei, Chen Lifang, informa que "este incidente causou danos à marca Huawei". Por isso, dois empregados responsáveis foram despromovidos, vendo o seu salario ser reduzido em mais de 600 euros. Mais ainda, o Diretor de Marketing Digital viu os seus bónus serem congelados pelos próximos 12 meses.

Estas medidas podem até parecer um bocado exageradas, especialmente considerando que o responsável direto não é um funcionário da fabricante. De acordo com a mensagem enviada por Lifang, o erro ocorreu quando um dos sub-contratados gestores de redes sociais teve problemas com a VPN do seu computador. Sendo 'obrigado' a utilizar um iPhone que tinha um cartão SIM roaming para enviar a mensagem a tempo.

Huawei Apple Twitter for iPhone

Muito provavelmente o gestor de conteúdos em questão, encontrava-se em território chinês na altura do acontecimento. Relembro que na China as ligações à internet são extremamente controladas, e para aceder a redes sociais como Facebook/Twitter, os utilizadores são obrigados a utilizar uma VPN.

Por fim, muito provavelmente a Huawei não foi a primeira fabricante a tomar este tipo de medidas. Acabou no entanto, por ser a primeira a tornar estas medidas públicas. Certamente que depois de acontecer tantas vezes com a Samsung, a marca também já se viu obrigada a dar uns quantos 'puxões de orelhas'.

Editores 4gnews recomendam:

Huawei e Xiaomi dominam no maior mercado do mundo

Huawei Honor 8A será o primeiro smartphone Android da marca em 2019

Huawei Mate 30 Pro seguirá as pisadas do Nokia 9

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.