Huawei ID e serviços Cloud serão movidos da Alemanha para a Aspiegel na Irlanda

Rui Bacelar
Android Huawei P20 cloud smartphones Huawei ID Aspiegel Irlanda
Os serviços de Cloud da fabricante chinesa migrarão para a Irlanda

A fabricante chinesa, Huawei, tem uma forte presença no mercado de redes e telecomunicações, sobretudo no seu país natal. Todavia, na Europa também oferece serviços como o armazenamento na nuvem, a sua Cloud. Para tal, o utilizar necessita de ter uma conta Huawei ID. Agora, todos os dados guardados nestes serviços migração para uma nova empresa, a Aspiegel na Irlanda.

Esta medida foi anunciada pela fabricante chinesa através de comunicado oficial à imprensa. Abrange todos os serviços mobile da Huawei que até agora eram conhecidos por cloud services. Devido a alterações organizacionais, todas as informações serão movidas da Huawei Technologies Deutschland GmbH para a Aspiegel. Esta é uma empresa subsidiária da Huawei, com sede na República da Irlanda.

Vê ainda: Apple. Homem trinca bateria de iPhone para testar a qualidade

As mudanças afetarão todo e qualquer utilizador dos serviços da Huawei dentro do espaço económico europeu (EEA). Afetará ainda os utilizadores do Mónaco, Suíça, Estados Unidos da América, Canadá, Japão, Vaticano, Coreia do Sul, Gibraltar, Macedónia, entre outros.

A fabricante alega motivações estratégicas e afirma que esta mudança da sua Cloud, Huawei ID e todos os serviços conexos (todo o armazenamento das informações dos utilizadores destes serviços), estarão melhor localizadas na República da Irlanda. Ficarão entregues à empresa Aspiegel que por sua vez pertence à tecnológica chinesa.

Huawei ID e serviços cloud migrarão para a Aspiegel na Irlanda

A fabricante chinesa acrescenta que está a re-estruturar alguns dos seus sectores de operação na Europa. Como tal, a migração para a Aspiegel será um dos primeiros resultados desta nova abordagem ao mercado europeu. As mudanças começarão a surtir efeito a partir do dia 23 de fevereiro. Os utilizadores da Huawei ID e serviços de armazenamento na Cloud já foram entretanto notificados via SMS.

A partir dessa data (23 de fevereiro) todo o novo utilizador dos serviços Cloud, ao criar um Huawei ID (por norma quando configura um novo dispositivo), estará agora a lidar com a subsidiária Aspiegel, com sede na República da Irlanda. Empresa que assumirá o compromisso que até então era assumido pela Huawei Technologies Deutschland GmbH.

Para o utilizador final dos serviços desta fabricante não terá aqui qualquer alteração na legislação e proteção da sua privacidade. Esta continuará assegurada. Mais ainda, o utilizador não terá que tomar uma postura ativa perante esta mudança. Poderá continuar a utilizar todos os serviços da tecnológica chinesa como até agora tem feito.

Caso o utilizador não concorde com esta mudança, terá cerca de 4 semanas para sair (eliminar) o seu Huawei ID. Poderá fazê-lo ao entrar nas Definições - Huawei ID - (fazer o login caso não esteja já feito) - Definições do serviço - Apagar / eliminar a conta. Procedimento irreversível que eliminará todos os ficheiros armazenados na Cloud e servidores da fabricante.

Assuntos relevantes na 4gnews:

CEO da Google vê a Inteligência Artificial como uma grande conquista

Sony – Conseguirá o novo topo de gama combater o Samsung Galaxy S9?

Samsung Galaxy S9 e Galaxy S9 Plus já foram certificados na China

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.