Huawei Honor tecnologia inovadora
A Honor, sub-marca da Huawei, poderá estrear uma nova tecnologia bastante promissora.

A Huawei, há alguns anos atrás era uma empresa bem conhecida no campo das telecomunicações, tecnologia e redes móveis. Todavia, só a partir de 2012 é que começou a ser popular pelos seus equipamentos móveis, os smartphones Android.  Agora, seja através dos seus terminais ou da sua marca Honor, é uma grande força neste mercado.

Até então, apesar de já ter vários dispositivos móveis, fora da China os mesmos eram praticamente desconhecidos. Aliás, o seu início neste mercado dos smartphones não fui um dos mais estrondosos. Algo que mudou radicalmente agora em 2018 com a empresa chinesa a liderar o importante bastião da fotografia – DxOMark.

Vê ainda: LG Q7 – Novos smartphones da LG anunciados de forma oficial

O mercado Android teria de evoluir bastante desde os primeiros smartphones caracteristicamente lentos e frustrantes até ao ponto a que agora chegamos. Ainda me lembro de conceder permissões root ao Sony Xperia Sola ou Samsung Galaxy Y só para remover umas quantas apps de sistema.

Quando os smartphones começaram a ser bastante populares em Portugal, entre 2010 e 2011 a sua performance era…terrível. Só mesmo os topos de gama escapavam à regra e os mais económicos…enfim.

Huawei está a criar uma nova tecnologia disruptiva

Seria precisamente no segmento de entrada / gama baixa em que a Huawei começaria a apostar, mesmo antes de lançar a sua sub-marca Honor. Inicialmente escusado será dizer que a lentidão era sinónimo de smartphone, fosse ele de que marca fosse (dentro do segmento de gama média e baixa). Claro que poderíamos aqui usar palavras “mansas” mas a nossa função não é a promoção de marcas, para isso já chega o resto da blogosfera nacional.

Honor tecnologia inovador Huawei P20 Pro Android Oreo Google
Esta é a câmara tripla do novo topo de gama da Huawei. Conta com OIS na câmara tele-zoom, uma das maiores inovações de 2018.

Criticando quando é necessário criticar e parabenizando quanto tal é merecido, é com grande entusiasmo que damos conta dos novos planos da Huawei. Segundo avança a publicação iFeng, citada pela publicação GizmoChina Android Headlines, a fabricante chinesa está a preparar uma nova tecnologia inovadora.

O termo é incrivelmente indefinido e tanto se pode aplicar a hardware como a software. Ainda assim, acredita-se que seja um novo e importante trunfo para esta que já é a 3ª maior fabricante mundial de dispositivos móveis, atrás da Apple e da Samsung.

Dispositivo da Honor seria o eventual receptáculo da tecnologia inovadora

A Huawei está a crescer consideravelmente, disso não temos dúvidas (apesar de não ser a única – Xiaomi e Nokia). Neste momento ainda tem que encurtar a distância para com as líderes de mercado, segundo os indicadores das agências de análise de mercado.

Olhando para trás, veríamos a Huawei a implementar-se de forma discreta com os seus smartphones de gama baixa. Primando então pela relação preço/qualidade e proporcionando dispositivos ainda assim capazes.

Huawei P20 Pro e Honor 10 são os atuais topos de gama Android

Gradualmente a Huawei, e agora também através da Honor, foi subindo a fasquia do mercado, olhando cada vez mais para o setor premium. Esta metamorfose ficaria completa em 2016 quando firmaram parceria com a Leica e a Porsche Design. Agora, são uma marca perfeitamente comparável às líderes de mercado.

tecnologia inovadora Huawei Honor
A “tecnologia inovadora” deverá ser incorporada num dispositivo da Honor

Agora, segundo os relatos da imprensa internacional, a Huawei está a preparar uma nova tecnologia que surpreenderá o mercado mobile. Acredita-se que esta seja implementada em primeiro lugar nos dispositivos da sua sub-marca, a Honor. A partir daí a Huawei testará a recepção do mercado, podendo-a implementar nos seus terminais futuramente.

Infelizmente não sabemos quais são os contornos exatos desta nova tecnologia, sendo a mesma apelidada de “inovadora” e disruptiva. Este é o ponto de vista transmitido pela fonte da informação, algo que poderá “abanar” o mercado.

Huawei e a sua sub-marca Honor são cada vez mais populares em Portugal

Sabemos que a Huawei e consequentemente a Honor, tem apostado mais do que as principais rivais no departamento de Pesquisa e Desenvolvimento. Mais concretamente, a casa-mãe da Honor investiu 14 mil milhões de dólares durante 2017 neste departamento.

tecnologia inovadora Honor Huawei P20 Pro iFixit Android
Atualmente, o Huawei P20 Pro é o topo de gama Android da empresa chinesa. ©iFixit

Agora, um dos frutos estará prestes a ser aplicado aos dispositivos da Honor, sendo os primeiros terminais a testar as novidades. Note-se que foi deste mesmo departamento de pesquisa e desenvolvimento que surgiu a câmara tripla do Huawei P20 Pro.

Para 2018 e para o futuro, o investimento (verba dedicada) para a pesquisa e desenvolvimento da Huawei rondará os 20 mi milhões de dólares.

Aguardamos agora pela revelação de mais detalhes que nos permitam identificar sobre o que versa esta nova tecnologia. A mesma deve ser aplicada a um dispositivo da Honor, sem data de lançamento ainda avançada.

Esperamos agora, com boas expectativas, pela revelação de mais detalhes em torno desta tecnologia inovadora. Esperemos que esta tecnologia inovadora venha efetivamente abalar o mercado Android e que lhe incuta nova vida.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Lenovo Z5 (ZUK Z5) mostra-nos o seu potencial em novas fotos

13 Reasons Why – Análise à 2.ª temporada da série da Netflix

OnePlus mantém o carregamento rápido mas muda o nome Dash Charge

Fonte | via 1, via 2

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).