Huawei Honor confirma a continuação da sua gama X! E ainda bem!

Filipe Alves
Comentar

A Honor é uma das fabricantes com mais sucesso nos últimos tempos. Aliás, ainda esta semana reportamos que a submarca da Huawei ultrapassou a Xiaomi nas vendas online no maior mercado do mundo.

Certamente por isso é que a marca já pensa no seu futuro. O Honor 9X ainda não foi revelado de forma oficial, porém, a empresa asiática já confirmou o futuro da gama.

Honor 8X
Huawei Honor 8X

Registo dos sucessores do Huawei Honor 9X

O registo da Huawei na "Intellectual Property Organizations" confirma-nos que os terminais de gama-média deverão continuar por mais uns anos. Presumindo que cada Honor X será lançado a cada ano, a Honor acabou de registar smartphones até 2026.

Honor X

Ainda não sabemos até que ponto é que esta gama pode chegar à Europa de forma oficial, contudo, não vejo razões para que tal não aconteça. A Huawei (e Honor) tem lutado fortemente para marcar uma presença mais capaz no velho continente e é quase garantido que passará por nos dar o máximo de gamas possíveis.

Os Honor X são importantes no nosso mercado

Portugal é um dos mercados que mais precisa de gamas deste género. Infelizmente a situação financeira do nosso país não é a mais confortável. As fidelizações para um bom terminal a baixo preço começam a ser mais normais, porém, ainda há muito boa gente que prefere pagar por inteiro o smartphone e comprar um modelo a preço inteiro.

Isto significa que comprar um novo smartphone nem sempre é fácil. Por isso é que estes terminais de gama intermediária são importantes. O novo Honor 9X chegará com um processador Kirin 810 de 7nm e com uma potência considerável. Segundo os rumores, teremos também uma câmara pop-up e um possível sensor biométrico no ecrã.

Ou seja, um terminal de qualidade para o preço a rondar os 300€. Preços que os modelos X podem chegar. O Honor 8X impressionou pela positiva, esperemos que o 9X faça o mesmo.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.