Huawei Honor 9X: imagem revela a elegante traseira do smartphone

Filipe Alves
1 comentário

O Huawei Honor 9X é um dos próximos smartphones a ser lançados para o mercado. O novo terminal da submarca da Huawei é também um dos mais importantes porque nos dá uma qualidade sempre muito aceitável para um preço super competitivo.

A gama X da Honor tem ganho destaque em Portugal e na Europa. O mesmo se espera deste novo Huawei Honor 9X. Aliás, a gama "X" é tão importante que a marca já salvaguardou o nome de todos os smartphones até 2026.

Huawei Honor 9X

Características do Huawei Honor 9X

  • Ecrã AMOLED sem notch
  • Sensor biométrico no ecrã
  • Tripla câmara traseira com Inteligência Artificial
  • Câmara pop-up
  • Construção em vidro
  • Elegante padrão na traseira
  • Processador Kirin 810 (um excelente gama média/alta)

O novo Huawei Honor 9X promete especificações de qualidade e uma performance adequada. Ademais, as características mais desejadas do momento devem estar presentes.

Falo obviamente do sensor biométrico no ecrã, da câmara pop-up, da tripla câmara traseira e ainda do elegante padrão traseiro. Este padrão foi confirmado pela imagem do alegado smartphone. Um padrão que com a luz fará um "X". São poucos os smartphones que se podem gabar de ter um padrão traseiro tão bonito.

Por fim, vemos que a traseira será livre de sensores biométricos, algo que aconteceu nos modelos passados. Ou seja, é mais do que provável que a tecnologia estará embutida no ecrã!

Preço do Huawei Honor 9X

Ainda não há informações sobre os valores a que o smartphone será revelado. Contudo, olhando para os antecessores e sua posição no mercado, podemos assumir que este será um telemóvel para rondar os 300€. Caso o valor seja mesmo este, acredita que este dispositivo causará um impacto positivo no nosso mercado.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.