Huawei está prestes a revolucionar o mercado de smartphones de gama média

Filipe Alves
Comentar

Podemos dizer que a Huawei tem um caminho de sucesso nos smartphones. Porém, o seu mais recente trabalho para desenvolver sensores biométricos nos ecrãs LCD, em conjunto com a BOE, promete levar a sua ascensão a outro nível.

Até ao momento não há smartphones com sensor biométrico no ecrã sem que contem com a tecnologia AMOLED ou OLED. Isto significa que o preço dos dispositivos com esta característica é ligeiramente superior.

Vivo X21 sensor biométrico no ecrã

Huawei chegará ainda mais longe com sensores biométricos em ecrã LCD

Por isso é que este tipo de tecnologia é importante. Os sensores biométricos no ecrã LCD será revolucionário não só para smartphones como para todos os gadgets.

Se até ao momento as empresas têm de investir mais paras ficar competitivas e seguir a tendência do mercado com esta funcionalidade no display do dispositivo, com a possibilidade de introduzir sensores no ecrã LCD o salto será muito maior.

Ou seja, daqui a uns tempos vais poder comprar um smartphone da gama "Y" (a mais baixa da Huawei) com a característica que neste momento é destinada apenas a smartphones com um valor bem superior.

Neste pequeno GIF vemos o tal smartphone com ecrã LCD a responder de forma eficiente e rápida ao desbloqueio no ecrã LCD. Ainda que esteja em fase de desenvolvimento, vemos uma tecnologia que parece pronta a embarcar nos smartphones.

O mercado de smartphones de gama baixa está prestes a mudar

Como última nota, prepara-te para ver smartphones de gama baixa com mais qualidade no próximo ano. Os processadores, construção e características estão cada vez melhores para estes smartphones.

Com a tecnologia de desbloqueio no ecrã ficará ainda melhor. A Xiaomi é uma outra marca que também está a trabalhar para nos trazer esta funcionalidade nos smartphones de gama baixa da Redmi. Ou seja, a concorrência será maior e o consumidor será beneficiado por tal.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.