Huawei diz-se capaz de adicionar serviços Google ao Mate 30 de um dia para o outro

Carlos Oliveira
1 comentário

Numa conferência de imprensa em Munique, após o lançamento dos Huawei Mate 30. Richard Yu diz conseguir disponibilizar os serviços Google nestes modelos "de um dia para o outro". Tudo o que precisa é que o banimento imposto pelos EUA seja levantado.

Os novos Mate 30 são smartphones fantásticos, mas só se tem falado sobre a ausência dos serviços Google. Tal deve-se a uma proibição legal dos EUA aos negócios da Huawei com empresas norte-americanas. Cenário que a impede de aceder ao software da Google.

Mate 30

Assim sendo, tudo o que a Huawei precisa para mudar este cenário é de autorização para voltar a negociar com a responsável pelo Android. Caso Donald Trump levante essa proibição, a chinesa poderá adicionar os serviços Google, aos Mate 30, com uma simples atualização de software.

As aplicações Google ausentes do Huawei Mate 30

  • Google Play Store
  • Pesquisa Google (App)
  • Google Chrome
  • Youtube
  • Google Maps
  • Drive
  • Google Tradutor
  • Google Calendário
  • Google Lens
  • Google Duo
  • Google Fotos
  • Assistente Google
  • Gboard
  • Find My Phone
  • Snapseed

Como podes ver, a lista ainda é considerável e coloca de parte muitas das aplicações que rapidamente associamos ao Android. Quem se imagina a utilizar um smartphone Android sem Play Store ou sem o Chrome?

Esse será o cenário de todos os que optarem pela compra do Huawei Mate 30 ou Mate 30 Pro no imediato. Estes topos de gama chegam com a EMUI 10, porém, baseada numa versão open-source do Android.

Todas as aplicações acima listadas podem, ainda assim, ser instaladas nestes modelos. Terás de ter acesso à APK de cada uma delas para posterior instalação manual, um processo que poderá não ser muito simples para utilizadores menos experientes.

Apesar das limitações, Huawei espera vender 20 milhões de exemplares

Richard Yu, CEO da Huawei, acredita que os seus novos topos de gama possam chegar à marca das 20 milhões de unidades vendidas. A China deverá ser o principal impulsionador destes números.

Este executivo refere que desde que o banimento dos EUA foi decretado as vendas globais de smartphones caíram. Ainda assim, esta tendência parece estar a inverter-se, o que demonstra que os utilizadores gostam dos produtos da Huawei.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.