Huawei disponibiliza a EMUI 10 estável para 14 smartphones. Sabe se o teu foi contemplado

Carlos Oliveira
7 comentários

Findo o processo de testes da nova interface da Huawei, é altura de a empresa disponibilizar a sua versão final estável. Depois dos topos de gama deste ano, é agora tempo da EMUI 10 chegar a modelos mais antigos.

Como de costume, esta libertação não se limita a equipamentos Huawei, Temos também alguns modelos da sua sub-marca Honor a receber a versão da sua interface baseada no Android 10.

Huawei P20 Pro

Eis os equipamentos que recebem a EMUI 10 estável

  • Huawei Mate 20 X 5G
  • Huawei Mate RS Porsche Design
  • Huawei Mate 10 Porsche Design
  • Huawei Mate 10 Pro
  • Huawei Mate 10
  • Huawei P20
  • Huawei P20 Pro
  • Huawei Nova 4e
  • Huawei Enjoy 10 Plus
  • Huawei Enjoy 9S
  • Huawei P Smart+ 2019
  • Huawei Mate 20 Lite
  • Huawei Honor 20i
  • Huawei Honor 10 Lite

O destaque vai para a família Huawei P20, os topos de gama desvendados em 2018. Depois da atualização dos P30, seria uma questão de tempo até que os seus antecessores tivessem o mesmo destino.

Até mesmo a linha Mate 10, revelada em 2017, já começa a receber o Android 10. Ademais, temos um vasto leque de equipamentos intermediários com a mesma sorte.

Esta atualização começou a ser distribuída na China e será uma questão de tempo até que se expanda para outros mercados. Ela chegará via OTA, por isso, só tens de manter-te atento às notificações.

O que muda com a EMUI 10

A grande novidade da EMUI 10 é a incorporação do tão famoso dark mode de forma nativa. Além de se amigo dos teus olhos à noite, este modo irá dar-te um pouco mais de autonomia.

Não podemos ainda deixar de mencionar algumas alterações estéticas, quer ao nível dos ícones, quer ao nível de algumas aplicações. Há ainda a funcionalidade GPU Turbo 3.0 que dará um pouco mais de poder de processamento ao smartphones em modo gaming.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.