HTC One M9 desmontado passo-a-passo

Rui Bacelar

HTC-One-M9-teardown-12O HTC One M9 é dos smartphones mais atraente de 2015, com uma construção unibloco integralmente em metal, um acabamento com duas tonalidades, menos escorregadio e mais ergonómico, é um dos pesos pesados do mercado Android e, pelos menos para mim, no Top 3 dos smartphones com melhor qualidade de construção.

O pessoal da iFixit (fonte) já deitaram as mãos a um HTC One M9 e não descansaram até que ele ficasse totalmente desmontado, peça a peça e tudo devidamente documentado e fotografado para ficarmos a saber os detalhes da sua construção e, mais importante ainda, avaliar o grau de dificuldade de reparação deste HTC One M9.

Pelos vistos, esta unidade do HTC One M9 já vinha com um pequeno risco no ecrã e uma falha na embalagem, os primeiros lotes de qualquer equipamento tem sempre alguma falha, a paciência é uma virtude e tal nunca foi tão evidente como nos últimos tempo.

Voltando ao cerne da questão, vamos mas é ver o que é que o HTC One M9 tem no seu interior, quais os detalhes da sua construção e avaliar a facilidade com que eventualmente poderemos fazer uma reparação ou substituição de componentes.

Blemished-box.jpgHTC-One-M9-teardown-2.jpgHTC-One-M9-teardown-3.jpgHTC-One-M9-teardown-4.jpgHTC-One-M9-teardown-5.jpgHTC-One-M9-teardown-6.jpgHTC-One-M9-teardown-7.jpgHTC-One-M9-teardown-8.jpgHTC-One-M9-teardown-9.jpgHTC-One-M9-teardown-10.jpgHTC-One-M9-teardown-11.jpgHTC-One-M9-teardown-12.jpgHTC-One-M9-teardown.jpgScratched-screen.jpg

As primeiras impressões quanto ao processo de desmontagem do HTC One M9 foram boas, este ano não temos cola a segurar firmemente todos os componentes, o que facilita o processo. Para o abrir basta remover o topo e, cuidadosamente, desapertar os parafusos e depois, com mais cuidado e paciência, remover gradualmente o painel traseiro.

Depois de uma primeira etapa fácil surgem as primeiras complicações, na eventualidade de querermos trocar a bateria do HTC One M9, deparamos-nos com a motherboard colada à bateria. Portanto, será necessário descolar estes componentes com cuidado.

Posto isto, temos todos os outros componentes com acesso fácil, tudo devidamente colado mas acessível. Esta construção sólida e acabamentos robustos do HTC One M9 têm um preço. Não é nada fácil desmontar e reparar este equipamento, tendo recebido 2/10 no índice de facilidade de reparação da iFixit.

E tu, estás a pensar adquirir um HTC One M9? Este índice preocupa-te de alguma forma?

Talvez queiras ler:

O auge dos tablets pode ter passado, mas o iPad mudou hábitos, e para muitos é essencial em muitas tarefas quer no lazer ou na produtividade. A transição para modelos maiores, de 12 ou 13 polegadas, independentemente do sistema operativo pode ser a chave para o seu futuro. A Outubro deve ser apresentado o iPad Pro com ecrã de 12 polegadas e porta USB, esperemos então por mais noticias.

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).