HTC apostará mais no marketing do que em novos produtos em 2018

Carlos Oliveira
HTC
A HTC poderá mudar algumas das suas políticas

A HTC é protagonista de um dos casos agridoces que podemos encontrar no mercado dos smartphones. Outrora com uma influência no mercado bem mais acentuada do que aquela que hoje possui, a empresa Taiwanesa continua a lançar anualmente smartphones para o mercado, mas as suas vendas têm ficado aquém do desejado.

Vê ainda: Huawei P11 / Huawei P20 – Ecrã 16:9 com resolução Full-HD confirmado?

A qualidade de construção que sempre caracterizou esta empresa continua presente nos mais recentes produtos. Os smartphones HTC continuam a ser dos mais bem construídos do mercado, sem dúvida. No entanto, as coisas não estão a correr bem à empresa, estando longe da quota de mercado que outrora deteve.

As razões para tal podem ser muitas. Uma das coisas que pode levantar algumas sobrancelhas dado o atual estado da empresa é a quantidade de smartphones que a mesma apresenta. Veja-se, por exemplo, que em 2017 a HTC lançou nada mais, nada menos, do que sete equipamentos para o mercado. Há de facto quem lance mais modelos por ano do que esta empresa, mas o seu estatuto no mercado é bem superior à da Taiwanesa.

HTC U11 Plus imagens oficiais
HTC U11+

Mas ao que parece os responsáveis da empresa asiática chegaram a esta mesma conclusão. Porventura estarão a lançar equipamentos a mais para o mercado. Isto porque novos rumores oriundos da publicação Digitimes informam que a HTC deverá reduzir o número do smartphones a serem desvendados no próximo ano.

A HTC deverá desvendar apenas um topo de gama e alguns gama média

Segundo as informações conhecidas, a empresa deverá focar-se mais no seu departamento de pesquisa e desenvolvimento e no marketing. Este último ponto parece-me essencial, pois dificilmente vês publicidade de qualquer produto da empresa. Ora, se os mesmos não são divulgados, menores serão as chances de os mesmos serem vendidos.

Em resultado desta mudança de política, 2018 deverá trazer-nos apenas um topo de gama e alguns modelos de gama média. Todavia, em momento algum foi referido o número de modelos a serem desvendados no decorrer do próximo ano.

No entanto, logo nos primeiros dias de 2018 deveremos ver ser apresentado um novo equipamento de gama média. Este, segundo os rumores conhecidos, será uma versão menos potente do último modelo desvendado, o HTC U11+, e será apresentada na CES 2018.

Alegadamente, este deverá ser equipado por um processador Qualcomm Snapdragon 652 ou 660, dependendo da variante em causa. O que variará também consoante a variante serão os esquemas memória, estando disponível 4GB de RAM e 64GB de armazenamento ou 6GB de RAM e 128GB de armazenamento, respetivamente.

Por enquanto todas estas informações não passam de mera especulação. Só com o decorrer do ano é que poderemos atestar a mudança de políticas da HTC. Mas caso tudo isto se venha a verificar, acredito que a empresa poderá sair beneficiada a longo prazo.

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus 5T pode receber nova cor, o suave Dourado!

Samsung Galaxy J2 2018 – Preço e especificações já são conhecidos

Bitcoin a 1 Milhão de dólares no final de 2020? McAfee insiste que sim

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.