Honor admite deixar de participar nos testes da DxOMark

Bruno Coelho
Comentar

Zhao Ming, presidente da Honor, falou sobre os testes da DxOMark durante uma conferência de imprensa após o lançamento dos novos Honor V30. E mostrou-se descontente.

Segundo o líder da marca chinesa, os dispositivos da série V podem deixar de participar nos testes da DxOMark. Isto porque a empresa perece não concordar com os critérios estabelecidos.

Pontuações baseadas em hardware não agradam à Honor

Para Zhao, o grande problema é o facto de a DxOMark basear boa parte das suas pontuações em puro hardware. Ou seja, à medida que as especificações de hardware sobem, as classificações seguem o mesmo caminho.

Isto faz com que câmaras como as do Honor V30, que não vão muito além em termos de hardware, não tenham a melhor classificação neste teste. Se este é um juízo de valor correto ou não, os resultados reais falarão por si.

Os números do V30 Pro

É um facto que as especificações de câmara do Honor V30 ou V30 Pro não deslumbram em termos de números. No caso do Pro, temos um sensor principal de 40MP, acompanhado por uma grande angular de 12MP e uma telefoto de 8MP. Mas os números estão longe de ser tudo em fotografia.

Quando os Honor V30 começarem a ser analisados pelos primeiros utilizadores, poderemos saber se as queixas do CEO da submarca da Huawei são justas. Quanto ao abandono dos testes, veremos se tal se torna realidade.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.