homtom-ht27-2

A HomTom não é apenas mais uma marca oriunda da China. Para os mais atentos, a empresa chinesa dedica-se fielmente à sua gama de entrada com preços e especificações bem aliciantes.

A empresa chegou mesmo a ser bem sucedida com o HomTom HT10, com especificações de gama-média e o mesmo padrão de desbloqueio de íris que o Note 7 embarcava, mas não vamos desviar olhares, a empresa foca-se maioritariamente a uma mercado de baixo valor de investimento.
Embora os terminais de gama-baixa obtenham menos margem de lucro, a grande quantidade vendida faz com que a HomTom e outras empresas idênticas continuem a investir neste sector. Aliás, os equipamentos económicos estão cada vez mais populares, ao passo que os topos de gama estão cada vez mais caros, ano após ano.

   

homtom-ht27-3

O HomTom Ht27 será o seu próximo terminal económico e, embora não saibamos muito sobre ele a nível interno, sabemos que a marca prepara um terminal com ecrã de 5.5" polegadas HD, construção de plástico com textura e leitor de impressões digitais na parte traseira.

Presumindo que o preço rondará os 100€ e tem leitor de impressões digitais a minha aposta recai num processador MediaTek MT6737, contudo, são apenas palpites.

homtom-ht27-1

Mais novidades chegarão em breve e como sempre ficaremos atentos ao que aí virá, porque nem sempre os flagships, os telefones topos de gama são a melhor opção, sobretudo quando o orçamento não é ilimitado. Felizmente já não precisamos de abdicar da performance ou qualidade de construção para ter um equipamento mais económico.

Talvez queiras ver:

Google está ciente e a trabalhar numa solução para os problemas na câmara do Google Pixel

NOKIA lançará smartphones com Android quase puro em 2017 mas será que ainda têm lugar?

Linha de smartphones Galaxy A (2016) receberá Android Nougat

FonteHomtom PR

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho.
Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.