Hisense demonstra smartphone revolucionário com autonomia "ilimitada"!

Vitor Urbano
Comentar

A Hisense continua a apresentar-se como uma das mais interessantes fabricantes de Smart TVs da atualidade, trazendo-nos inovações tecnológicas a preços muito aliciantes. No entanto, durante a sua presença na CES 2020 que está a decorrer em Las Vegas, a fabricante impressionou ao demonstrar o primeiro smartphone do mundo com um ecrã e-ink colorido.

Este tipo de ecrã tornou-se muito popular no segmento dos livros eletrónicos (e-readers), visto que oferecem um consumo de energia quase inexistente e garantem uma boa visualização em qualquer tipo de ambiente. Apesar de nunca ter sido utilizado em smartphones que se tenham tornado muito populares, este tipo de ecrãs já foi utilizado algumas vezes no passado.

Hisense e-ink colorido

Smartphone da Hisense poderá chegar com uma autonomia nunca antes vista

Apesar das limitações na sua utilização, os ecrãs e-ink apresentam uma característica única no que respeita ao consumo de energia. Ao contrário do que acontece com os painéis LCD e OLED, estes ecrãs têm um consumo de energia extremamente reduzido.

Estes são conhecidos como "papel eletrónico", basicamente porque se comportam da mesma forma que uma folha de papel. Para apresentarem uma imagem, consomem energia para a "desenhar" e "apagar". Estes são os dois únicos processos do ecrã que gastam energia, visto que uma vez "desenhada" a imagem, esta fica presente no ecrã por tempo ilimitado sem consumir energia.

Hisense quer trazer os ecrãs e-ink para as massas!

Até agora, um dos grandes entraves na expansão destes ecrãs no mercado dos smartphones foi a dificuldade na sua produção em massa. No entanto, a fabricante garantiu que esse é um problema que já foi ultrapassado e, até mesmo esta variante colorida poderá ser fabricada em grandes quantidades.

Além das óbvias melhorias na experiência de utilização com um ecrã a cores, a marca revela ainda que estes novos painéis apresentam uma taxa de atualização bem mais elevada do que os modelos anteriores.

Mais importante que o lançamento de um smartphone, a possível disponibilidade deste tipo de painel para as restantes fabricantes poderá resultar numa nova tendência. Não seria a primeira vez que víamos fabricantes optarem por utilizar um segundo ecrã nos seus smartphones, e este tipo de painel torna essa estratégia muito mais viável.

Smartphone com ecrã e-ink a cores é ainda um mistério

Infelizmente, durante a sua demonstração na CES 2020, a Hisense não revelou nenhuma informação sobre as suas especificações. Não ficou claro se não o fez, porque não planeiam lançar um smartphone com este ecrã, ou se preferiram criar mais suspense.

Hisense A5

No ano passado, a fabricante lançou no mercado o Hisense A5, com um ecrã e-ink tradicional (preto e branco). Apesar de ser um dispositivo muito interessante, acabou por não conseguir ganhar grande destaque, uma vez que não oferece muitas das características mais procuradas num smartphone atualmente.

Caso a fabricante decida lançar um sucessor a este smartphone com ecrã e-ink colorido, deverá voltar a integrar o segmento gama-média. No entanto, seria interessante ver a empresa apostar na presença de mais funcionalidades multimédia, tirando o máximo proveito do seu ecrã a cores.

Fica também a conhecer 3 razões para comprar os Galaxy A51 e A71 da Samsung, ou se preferires, descobre 3 razões para comprar o Xiaomi Mi Note 10 Pro em Portugal!

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.