HBO Max anuncia data de lançamento e lança trailer. Chegada a Portugal vai demorar

Bruno Coelho
Comentar

A próxima grande plataforma de streaming a chegar ao mercado é a HBO Max. Esta vai arrancar nos Estados Unidos já no dia 27 de maio, e foi revelado um trailer de lançamento com foco nos principais conteúdos que estarão disponíveis à partida.

A novidade foi anunciada pela WarnerMedia, e a plataforma vai arrancar com um custo mensal de 14.99 dólares. Contudo, só tem data prevista de chegada à Europa ou à América Latina em 2021.

HBO Max reúne conteúdos da própria HBO, da Warner Bros. e do Cartoon Network

Esta é mais uma plataforma que chega para ameaçar o reinado da gigante Netflix. Para isso vai contar com 10 mil horas de conteúdos da própria HBO, mas também da Warner Bros., Cartoon Network, Looney Tunes, DC Comics ou Adult Swim.

Vai reunir conteúdos como “Friends”, a “A Teoria do Big Bang”, “South Park” e até os filmes do Studio Ghibli. Além disso, promete abraçar o cinema com películas como “Joker”, “Suicide Squad” ou “Casablanca”.

Para a plataforma está também prometido o reencontro de “Friends”, um revival de “Gossip Girl” e ainda “Liga da Justiça: O Lado Negro”. Se no futuro esta plataforma chegar mesmo ao nosso país, deve abarcar a HBO Portugal como a conhecemos.

Depois da Apple TV+ e da Disney+ terem chegado para dar ainda mais opções ao mercado de streaming, a fragmentação continua. Embora o número de opções seja cada vez maior, tal significa que os conteúdos estão cada vez mais dispersos, e o consumidor terá de pagar mais de um serviço se os quiser assistir.

Editores 4gnews recomendam:

  • Netflix para Android recebe funcionalidade "sagrada" para ecrãs curvos!
  • Instaverso: nova série sobre tecnologia é “Black Mirror à portuguesa”. E podes vê-la grátis
  • Netflix oferece 34 episódios de documentários de forma grátis no YouTube! Vê todos aqui!
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.