HarmonyOS e EMUI 11 são postos lado-a-lado em novo vídeo

Carlos Oliveira
Comentar

Ontem demos a conhecer um vídeo que nos mostrava as principais características do novo sistema operativo da Huawei, o HarmonyOS. Esse vídeo foca-se inteiramente no software com o intuito de nos dar uma visão antecipada de um dos mais importantes projetos da marca chinesa.

Hoje temos um novo vídeo, bem mais curto, que se propõe a fazer uma comparação direta do HarmonyOS com a EMUI 11. É, até hoje, a melhor forma que temos para perceber as diferenças ou semelhanças entre ambos.

EMUI 11 leva a dianteira ao HarmonyOS neste vídeo

O vídeo é bastante curto e não se debruça sobre aspetos como menus, transições e tarefas mais elaboradas. Limita-se a mostrar uma comparação dos tempos de carregamento de algumas aplicações em ambos os sistemas operativos.

À esquerda temos um equipamento a correr a EMUI 11 e à direita outro dispositivo já com o HarmonyOS. Aquilo que facilmente percebemos é que o primeiro é mais rápido a carregar as aplicações do que o seu rival.

Existem múltiplos fatores que podem explicar esta diferença nos tempos de carregamento das aplicações. Pode ser algo relacionado com o próprio smartphone ou simplesmente justificável pelo facto de a EMUI estar na sua versão estável e o HarmonyOS ainda em fase de testes.

Fora os tempos de carregamento, não há muito que possamos esmiuçar deste curto vídeo. Não dá para perceber as semelhanças ou diferenças entre ambos ao nível de design, menus e transições. Do que vemos, é tudo muito semelhante.

Versão final do HarmonyOS está prestes a ser lançada

Esta consistência na revelação de novos vídeos protagonizados pelo HarmonyOS demonstram que o sistema operativo está em fase final de testes. Aliás, a Huawei havia prometido o seu lançamento para abril.

Essa calendarização não se concretizou, obviamente, mas tal deverá acontecer muito em breve. O primeiro modelo a receber o software será o Huawei Mate X2, com muitos mais a seguirem-lhe o exemplo nas semanas seguintes.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.