Hackers não cumprem promessa e atacam hospitais em Paris!

Vitor Urbano
3 comentários

Durante a última semana, foram vários os relatos de que grupos de hackers tinham deixado a promessa de que não iriam atacar hospitais de países afetados pela pandemia do COVID-19. No entanto, foi confirmado pela imprensa francesa que os vários hospitais na capital francesa sofreram um ataque DDoS (distributed denial-of-service) no domingo.

Obviamente, com tudo o que se está a passar com a pandemia, a última coisa que os hospitais precisam é de lidar com ataques de hackers que simplesmente têm como objetivo lucrar com as suas ações e "espalhar o caos". Ainda não identificaram o grupo responsável pelos ataques, mas claramente nem todos decidiram dar o tão merecido descanso e respeito aos hospitais.

O que é um ataque DDoS?

Os ataques de distributed denial-of-service, também conhecidos como ataques DDoS, são basicamente inundações de acessos a um servidor. Este aumento drástico no volume de acessos tem como objetivo deitar abaixo o servidor em questão, ou pelo menos torná-lo extremamente lento de forma a deixar de ser funcional.

Esta é uma prática muito comum entre grupos de hackers, que utilizam estes ataques para debilitar instituições e empresas que pretendem atacar. Estes ataques deixam muitas vezes as redes destas empresas vulneráveis a outros tipos de ataques.

Ataque foi rapidamente neutralizado, evitando consequências mais graves

De acordo com uma fonte da Systems Security Agency (ANSSI), o ataque acabou por durar cerca de uma hora, tendo o acesso aos servidores normalizado pouco tempo depois. Felizmente, não se registou nenhuns danos permanentes nas estruturas das redes dos hospitais.

A rápida resposta a este ataque foi crucial para que não se prolongasse durante mais tempo. Assim que foi detetado, os responsáveis pela segurança da rede bloquearam todos os acessos fora da Europa, que se traduziram na neutralização do ataque. Assim sendo, ainda que não tenha sido identificado o grupo responsável, fica confirmado que se encontram fora do continente europeu.

Atualização:

As autoridades espanholas emitiram um comunicado oficial para todos os hospitais, alertando de sérias suspeitas de que um grupo de hackers estará a preparar-se para tentar atacar os seus sistemas utilizando um malware nos computadores utilizadores pelos funcionários.

Até agora não foram revelados mais detalhes sobre as suspeitas, mas tudo indica que o "tempo de paz" prometido por alguns grupos de hackers não passou de uma distração.

Editores 4gnews recomendam:

  • Os 10 melhores tablets preço/qualidade em 2020
  • Xiaomi Redmi Note 9 Pro Max tem chegada ao mercado adiada graças ao COVID-19
  • As 15 melhores apps grátis para Android em 2020
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.