GTA 5 na PlayStation 5 e Xbox Series X: não será mais do mesmo

Bruno Coelho
Comentar

Quando vimos o símbolo da Rockstar na grande apresentação de jogos da PlayStation 5, durante meio segundo renasceu a esperança de um trailer surpresa do Grand Theft Auto 6. Isso não aconteceu, tendo somente sido anunciada a versão remasterizada do GTA 5 para as novas consolas.

O CEO da dona da Rockstar, a Take-Two Interactive, veio agora falar dessa experiência de remasterização do título que já é quase um clássico. Strauss Zelnick afirma que a versão para PS5 e Xbox Series X e S será bem mais que uma simples adaptação (ou remasterização).

Nas palavras do CEO da Take-Two em conversa com a Videogames Chronicle: “nós melhoramos a tecnologia, demos um salto nos gráficos, e fizemos melhorias de desempenho. E é por isso que os nossos jogos remasterizados são normalmente tão bons”.

Objetivo do GTA 5 para PS5 e Xbox Seres X/S e trazer novas experiências aos jogadores

O objetivo, segundo executivo, é que o GTA V para as consolas de nova geração traga novas experiências aos jogadores. “O GTA está agora a chegar à sua terceira geração, o que é incrível”, afirma.

“Foi um verdadeiro porta-estandarte assim que foi lançado, e continuou a sê-lo na segunda geração. Vamos ver como o GTA se porta na próxima geração. Obviamente estou confiante que a Rockstar conseguirá entregar uma grande experiência, mas não podes fazer isso se estiveres apenas a fazer uma adaptação”, reitera.

É preciso recordar que o GTA V foi lançado pela primeira vez para a PlayStation 3 e Xbox One no já longínquo ano de 2013. Graças ao sucesso do GTA Online, onde a Rockstar colocou muitos dos seus esforços, a janela de lançamento do aguardado GTA VI ainda é uma incógnita.

Editores 4gnews recomendam:

  • GTA Online: jogador descobre como reduzir tempos de loading até 70%
  • Nintendo Switch Pro: melhor característica terá dedo da Samsung
  • PS5: PlayStation revela antecipadamente jogo PS Plus grátis para abril!
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.