Google simplifica gestão de tarefas com esta importante medida

Bruno Coelho
Comentar

Chama-se Google Tasks, e é a app da tecnológica de Mountain View que te permite organizar tarefas e subtarefas num único espaço. Encontra-se também integrada no Gmail para fácil colaboração.

No entanto, a Google anunciou nas últimas horas que vai tornar ainda mais fácil gerir as tuas tarefas. Muitos usam a Google Assistant ou o Calendário para organizar o que têm de fazer. E em breve tudo ficará simplificado.

Google vai migrar tarefas da Assistente e do Calendário para o Google Tasks

"Em breve, simplificaremos as nossas soluções de gestão de tarefas migrando a Assistente e os lembretes de calendário para o Google Tasks. Isto significa que terás uma maneira fácil de visualizar e gerir todas as suas tarefas num só lugar através do Google Tarefas, independentemente de criá-las com a Assistente ou o Calendário”, pode ler-se.

google

Já que tudo se sincroniza entre os teus dispositivos, as tuas tarefas vão assim contigo para todo o lado. E estas tarefas podem ser acedidas através das tuas apps favoritas do Workspace como o Gmail, Calendário ou Chat.

Tira mais partido do Google Tasks com estes conselhos

  • Usa o botão "Adicionar a tarefas" no Gmail para que itens de ação importantes não se percam na tua caixa de entrada
  • Cria tarefas diretamente do Google Chat para transformar um pensamento numa ação clara
  • Cria uma tarefa no Google Calendário para que possas escolher o momento perfeito para executá-la
  • Classifica as tarefas que crias em listas e marca as que são mais importantes para ti

Nos próximos meses, quando usares a Assistente ou o Calendário para criar ou visualizar lembretes, verás uma notificação no smartphone ou computador a solicitar que sejas um dos primeiros a experimentar a nova experiência do Google Tasks. Basta abrir a notificação para mover os teus lembretes para o Google Tasks e gerir todas as tuas tarefas num só lugar.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.