Google reconhece que reconhecimento facial do Pixel 4 poderia ser mais seguro

Carlos Oliveira
Comentar

Os Google Pixel 4 e Pixel 4 XL abandonaram por completo o leitor de impressões digitais, substituindo-o pelo reconhecimento facial. No entanto, sabe-se agora que este método biométrico não é tão seguro como deveria.

O reconhecimento facial do Pixel 4 funciona mesmo quando o utilizador tem os olhos fechados. Ou seja, mesmo que estejas a dormir, alguém poderá desbloquear o teu Pixel 4 simplesmente apontando-o para a tua cara.

Proof, for those asking #madebygoogle #pixel4 pic.twitter.com/mBDJphVpfB

— Chris Fox (@thisisFoxx) 15 de outubro de 2019

Esta é, inegavelmente, uma grave falha de segurança no método de reconhecimento facial. Ter os olhos abertos significa que estás a prestar atenção ao smartphone e que queres mesmo desbloqueá-lo.

Google admite esta falha de segurança na sua documentação oficial

Uma simples leitura da documentação de suporte oficial do reconhecimento facial do Pixel é o suficiente para saber que este método não é totalmente seguro. A certo ponto, pode ler-se: "O teu telefone também pode ser desbloqueado por outra pessoa se estiver apontado à tua cara, mesmo que os teus olhos estejam fechados. Mantém o teu telefone num local seguro, como o bolso da frente ou bolsa."

Ademais, a Google admite que o Pixel 4 poderá ser desbloqueado por alguém muito idêntico a ti, como o teu irmão. Ou seja, a Google não esconde as falhas presentes neste sistema de autenticação biométrica e isso é preocupante.

Visto que a empresa está perfeitamente ciente das limitações desta tecnologia, deveria ter trabalhado para a tornar mais segura. Qual o fundamento de lançar uma tecnologia para o mercado que pode ser facilmente ludibriada?

Reconhecimento facial do Pixel 4 pode ser melhorado com atualizações de software

Num dos leaks antes da revelação do Pixel 4 vimos uma foto onde era possível ativar a opção para a obrigação de ter olhos abertos para que o reconhecimento facial funcionasse. Contudo, a versão que chegará aos utilizadores carece dessa opção.

Pixel 4
Créditos: Nextrfit

Contactada pelo The Verge, a Google não se referiu diretamente a essa opção, mas refere que o reconhecimento facial poderá ser melhorado com atualizações de software. "Não temos nada específico para anunciar sobre recursos futuros ou timing, mas como a maioria dos nossos produtos, este recurso é projetado para melhorar ao longo do tempo com futuras atualizações de software."

Fica então a esperança de que a Google possa resolver rapidamente esta falha de segurança. Caso compres de um Pixel 4, tem em atenção para não deixares o equipamento em qualquer lado, pois alguém poderá desbloqueá-lo simplesmente apontando-o para ti.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.