Google poderá tomar uma decisão drástica no seu próximo smartphone

Filipe Alves
Comentar

Ao que parece, a Google prepara-se para lançar apenas um smartphone na próxima fornada. Numa altura onde os rumores falavam de um Google Pixel 5 e Pixel 5XL, parece que tal pode não vir a acontecer.

De acordo com novas informações, a Google poderá apenas fornecer a variante XL. Ou seja, o modelo com maior tamanho. Pior ainda, este não deverá ser um verdadeiro topo de gama.

Especificações do Google Pixel 5XL deixam a desejar

Os rumores continuam e é referido que o Google Pixel 5XL chegará com um processador de gama média/alta. Para ser mais concreto, o Qualcomm Snapdragon 765G. Se o nome não te é estranho é normal, isto porque este é o chip que chegou de forma oficial no OnePlus Nord.

Contudo, nem tudo será perfeito no Google Pixel 5XL. Isto porque, as mesmas informações declaram que o terminal chegará a 699$. Um valor inferior aos antecessores, porém, bem mais caro que o OnePlus Nord que é vendido neste momento por 420€ em Portugal.

Não é desta que o Google Pixel chega a Portugal

Infelizmente, nada nos leva a crer que será desta que a Google se lembrará do nosso pequeno país. Ainda assim, vale a pena ter em conta que comprar um Google Pixel não é um bixo de sete cabeças. Certamente por isso continuamos a dar uma cobertura preferencial a estes smartphones da Google.

Visto que a Espanha é mesmo aqui ao lado, há muitos websites, incluindo a Amazon, que comercializa os smartphones da Google para o nosso país.

Em suma, se estavas à espera de um Google Pixel 5 com um tamanho menor, é melhor "tirares o cavalinho da chuva". Se estes rumores estiverem certos, tal não acontecerá.

Editores 4gnews recomendam:

  • Waze tem uma nova funcionalidade que o Google Maps devia copiar!
  • Xiaomi acaba de criar uma jogada para fazer dos seus smartphones topo de gama mais baratos!
  • Samsung pode trazer tecnologia aos smartphones que o mundo já esqueceu
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.