Google Play Store passará a reproduzir vídeos de forma automática

Carlos Oliveira
Comentar

A Google anunciou uma forma de melhorar a divulgação das aplicações presentes na Play Store. A partir de setembro, todos os vídeos presentes na sua loja de aplicações passarão a ser reproduzidos de forma automática.

Segundo a Google, esta medida tem o intuito de "ajudar mais utilizadores a descobrir rapidamente o seu conteúdo". Esses vídeos começarão a ser reproduzidos com o volume desligado, à semelhança do que acontece no feed do Facebook.

De facto, a presença de um vídeo é uma forma mais atrativa de cativar a atenção do público de que um extenso texto a explicar todas as funcionalidades da aplicação. Ainda bem que estes começarão a ser reproduzidos em silêncio, caso contrário esta medida poderia tornar-se irritante para os utilizadores.

Fica a esperança de que a Google possa adicionar um método para desligar a reprodução automática destes vídeos. Não só pelo fator de irritação dos utilizadores, mas sobretudo para salvaguardar os planos de dados destes.

Google proíbe a presença de anúncios nos vídeos de promoção

Para os programadores que possam estar já a pensar em novas formas de monetização, a Google deixa um aviso. Não será permitida a presença de qualquer anúncio nos vídeos de promoção de aplicações na Play Store.

A partir de 1 de novembro deste ano, todos os anúncios terão de ser desativados, caso contrário os vídeos não serão aprovados na Google Play Store. Esta imposição serve como forma de não confundir os utilizadores.

Os utilizadores querem é saber mais sobre uma determinada aplicação e não sobre algo totalmente diferente. Os anúncios poderão levar os utilizadores a pensar que aquele vídeo em nada tem que ver com a aplicação sobre a qual querem saber mais.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.