Google Play Store. Tens agora 14 dias para devolução de serviços na Europa

Rui Bacelar
Google Play Store Android Europa
E tu, já compraste algum tipo de serviços através da loja oficial do sistema Android?

A tecnológica norte-americana, a Google, implementou agora o período de devolução na Europa para as aquisições (compras) feitas online. Todavia, isto apenas se aplica aos serviços adquiridos através da Google Play Store, a loja oficial do sistema operativo Android. Ora, com tantas aplicações (apps) nesta loja, é normal que após comprar uma outra se arrependam de o ter feito, todavia, as novas regras aplicam-se aos serviços.

É inevitável que após um X número de downloads e instalações através da Google Play Store te vás arrepender de algumas compras. Seja de Apps, filmes, músicas, livros ou séries, todo o tipo de serviços que podes encontrar nesta loja oficial da Google. Agora, para facilitar todo o processo de reembolso a tecnológica implementou novas regras para a Europa.

Vê ainda: Honor 10 da Huawei em fotos reais com “notch” e Android Oreo

Mais concretamente para os utilizadores residentes no espaço económico europeu, entram agora em vigor as novas regras. Ora, como é que isto te pode afetar enquanto utilizador da Google Play Store? Imagina que queres comprar uma aplicação, série, livro ou filme só para as férias. Imagina que depois desse período queres devolver o serviço e obter um reembolso.

Isso não o poderás fazer. Desengana-te, não será um convite ao aproveitamento destes 14 dias para utilização oportunista. As regras são as mesmas e só poderás devolver as aplicações num espaço de duas horas (2 horas) após a sua aquisição da mesma. Este continua a ser o período vigente para a obtenção de uma devolução.

Google Play Store com novas regras na Europa

Mais ainda, alguns conteúdos digitais apenas poderão ser devolvidos em situações de excepção, situações excepcionais. Caso por exemplo o conteúdo esteja geograficamente indisponível, com algum defeito, entre outras causas. Note-se que este novo período de 14 dias aplicações tão somente aos serviços adquiridos através desta loja, a Google Play Store. Aqui, temos como exemplo o serviço de armazenamento de conteúdos na sua nuvem ou Cloud. Caso, por exemplo, tenhas comprado armazenamento extra terás agora um período de 14 dias para mudar de ideias e pedir um reembolso.

14 dias para devolução e reembolso dos serviços Google

malware Android Google Play Store API aplicações Android Europa
O novo período de devolução aplica-se apenas aos serviços adquiridos nesta loja.

São agora duas semanas ao dispor do cliente da Google Play Store para os serviços que esta disponibiliza. Seria igualmente de bom tom vermos um pequeno aumento no período de devolução para as Apps. Não digo uns 14 dias para devolver a aplicação mas 2 horas são manifestamente pouco para aferir o potencial de uma aplicação da Google Play Store.

Já por outro lado, para proteger também as legítimas expectativas dos programadores, o período de devolução dificilmente poderia ser tão alargado. Ainda assim, talvez 12 a 24 horas fossem um prazo tolerável por ambas as partes. Algo que até poderia dar mais confiança para os consumidores. Seja como for, para já o que importa reter é o novo período de 14 dias para a devolução de serviços.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei FreeBuds, os auscultadores que imitam os AirPods da Apple

Xiaomi Mi Mix 2S vs P20 Pro – as novas apostas de luxo!

OnePlus 5T e OnePlus 5 recebe as novas OxygenOS Open Beta

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.