Google Play Store: Clean Master e mais 7 apps classificadas como fraude

Filipe Alves

Google Play Store: Clean Master e mais 7 apps classificadas como fraudeO Clean Master é uma das Apps mais conhecidas da Google Play Store. Ainda que a aplicação não faça nada demais, é uma App que conta com mais de mil milhões de downloads e instalações. Ou seja, podemos dizer que é popular no mundo Android.

Hoje foi reportado que a empresa por trás do Clean Master está a praticar formas fraudulentas de forma a ganhar mais dinheiro.

Vê ainda: Bug no Facebook Messenger está a enfurecer utilizadores

Este não é um processo simples de explicar, assim sendo, vou tentar ser o mais claro possível. Esta fraude aconteceu diretamente para outros desenvolvedores e não para os utilizadores, ainda assim, as Apps da Cheetah Mobile (criadora do Clean Master) são das que mais instalações tem na Google Play Store e deves ter cuidado com elas.

Todas estas Apps têm mais de dois mil milhões de instalações na Google Play Store

Se tens um Clean Master no teu smartphone trata de o desinstalar. A aplicação não faz nada que o teu smartphone não faça. Limpar a RAM é simples e se queres limpar ficheiros antigos instala antes o Files Go da Google e apagas ficheiros antigos e corrompidos.

As Apps da Cheetah Mobile, como por exemplo o Clean Master, Security Master ou até Battery Doctor (que já foi removida) foram identificadas como fraudulentas.

As aplicações monitorizavam a utilização dos seus utilizadores de forma demasiado agressiva solicitando mais acessos do que precisavam. Com estes acessos as Apps conseguiam alterar determinados parâmetros que enganavam as publicidades e muitos outros desenvolvedores.

Clean Master é a mais popular de todas

Vou ser ainda mais concreto e pôr isto de forma mais simples porque este é um problema complexo.

Por exemplo:

Imagina que tinhas o Clean Master instalado e dentro da aplicação vês uma publicidade de um launcher novo na Google Play Store. Esse launcher era de um desenvolvedor que pagou à Cheetah Mobile de forma a publicitar na sua aplicação. Se clicavas nesse launcher e instalavas o launcher, a Cheetah Mobile ganhava uma comissão de instalação paga pelo desenvolvedor que fez a publicidade. Até aqui tudo bem. Contudo, a fraude começa a seguir.

Se fosses à Google Play Store e instalasses esse mesmo launcher se sequer teres visto a publicidade, a aplicação do Clean Master ia ver que instalaste a aplicação e indicar ao desenvolvedor do launcher que só instalaste a aplicação porque clicaste no link deles. Algo que não aconteceu.

Ou seja, a aplicação estava a enganar o utilizador e a monitorizar as tuas instalações sem permissões para tal.

Processo de fraude explicado nas imagens

O gráfico que podes ver acima explica-te de uma forma simples também aquilo que descrevi.

Este é um problema grave e são mais de 8 aplicações com mais de 2 mil milhões de downloads com este problema. Assim sendo, se tens uma das aplicações referidas abaixo, trata de as eliminar.

Apps que tens de desinstalar do teu smartphone

Em suma, esta já não é a primeira vez que a Google Play Store se mostra frágil a problemas de fraude por parte dos desenvolvedores.

A Google não está a conseguir encontrar todas as manhas das aplicações e isso não é bom para o utilizador. Esperemos apenas que os utilizadores comecem a aprender que nenhum "Clean Master" lhe vai melhorar o smartphone.

Editores 4gnews recomendam:

Chrome para Android deverá receber navegação por gestos

Xiaomi revela fechadura inteligente que mal vejo a hora para comprar!

Gboard tem finalmente um concorrente à altura com o Chrooma

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.