Home Android

Google Play Store é o novo alvo para mineração de BitCoin – TrenMicro

Espalhar software de mineração de BitCoin através da Google Play Store? [Maléficamente genial]

BitCoin Google Play Store
Depois dos Browser’s e websites serem utilizados para este efeito era uma questão de tempo até as atenções se voltarem para a Google Play Store

A mineração não declarada de criptomoeadas como o BitCoin é uma das mais recentes tendências e também uma das mais preocupantes. Com o valor do BitCoin a subir praticamente de dia para dia, tal como podem ver aqui, na 4gnews, já vimos vários mecanismos de mineração a serem executados em browsers como o Google Chrome sem que o utilizador se apercebesse mas agora a tendência chega à Google Play Store.

Vê ainda: 24 Apps agora gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Estará na altura de ficarmos preocupados? Segundo avança a trendmicro através do seu blog oficial já foram encontradas várias aplicações (Apps) aparentemente inofensivas na Google Play Store e que mais não são do que um meio para utilizar o teu smartphone ou tablet Android como máquina de mineração da BitCoin.

Apps de mineração de BitCoin foram detectadas na Google Play Store 

Tal como noticiamos aqui na 4gnews há alguns dias atrás, são cada vez mais as pessoas que utilizam os seus antigos smartphones para minerar BitCoin e outras criptomoedas mas à medida que esta tendência se torna mais popular, surgem também as ameaças e riscos para os utilizadores desprevenidos.

Note-se que a eficácia dos dispositivos móveis para mineração de criptomoedas ainda é muito questionável e, a menos que tenhas um grande número de smartphones ou tablets a trabalharem em conjunto – como este caso que aqui noticiamos em que um grande número de Samsung Galaxy S5’s foram utilizados para o efeito, dificilmente terás uma produção minimamente rentável de BitCoin.

BitCoin Google Play Store
Nem o santo rosário escapa aos meliantes

Mesmo assim, tal não terá impedido certas mentes menos altruístas de criar várias aplicações aparentemente inofensivas que mais não passam do que máscaras para o programa de mineração destas criptomoedas.

À medida que a popularidade do BitCoin aumenta, a Google Play Store pode ser um novo alvo – Trendmicro

Os efeitos para os consumidores são imperceptíveis ao início mas, a pouco e pouco, sentirás o teu smartphone ou tablet mais lento, a sua bateria durará muito menos e começarás a notar um maior desgaste no equipamento.

Note-se que estas aplicações vão exigir o rendimento máximo do hardware do dispositivo e isto, em pouco tempo, causará danos de desgaste nos teus dispositivos ao executarem estas Apps que qualquer pessoa poderá descarregar a partir da Google Play Store.

A denúncia foi feita pelos peritos de segurança da trendmicro e entretanto foi erróneamente declarada como vírus para Android pela Olhar Digital – não existem vírus para Android mas sim Malware. Este código injectado nas Apps seria, quanto muito, um Malware.

Google já foi informada desta ocorrência

Em questão está a presença de Apps com capacidades de mineração de BitCoin não declarada ao utilizador que descarrega e instala estas Apps, todas elas presentes na loja oficial do Android, a Google Play Store.

As aplicações detectadas pela trendmicro são particularmente inteligentes uma vez que utilizam um código JavaScript dinâmico, operando também uma injecção de código nativo para evitarem a deteção pelos mecanismos de segurança da Google. Em causa estarão as Apps com ANDROIDOS_JSMINER e ANDROIDOS_CPUMINER.

Esta está longe de ser a primeira vez que uma App na Google Play Store é detectada como contendo capacidades de mineração de criptomoedas como o BitCoin, sendo o ANDROIDOS_KAGECOIN, uma das antigas ameaças declaradas e entretanto já neutralizadas.

A TrendMicro já terá avisado a Google da existência desta ameaça, ou melhor, ilegalidade para que a gigante tecnológica possa prontamente remover estas Apps da sua loja e melhorar assim a segurança da mesma.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Razer Phone tem uma característica que todos os Android deviam ter

HTC U11 Life com Android One já é oficial e chegará à Europa

Xiaomi Redmi Y1 e Redmi Y1 Lite anunciados oficialmente!

 
ViaOlhar Digital
Fontetrendmicro
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).