YouTube Red Google Play Music
A Google prepara-se para fazer profundas alterações a dois dos seus serviços

A gigante tecnológica Google estará a preparar-se para fundir dois dos seus serviços. Em breve o YouTube Red e o Google Play Music poderão desaparecer ou mudar radicalmente. O intuito será criar um novo serviço, capaz de te proporcionar uma experiência de conteúdos multi-média completa. Desde música às séries e filmes online. Tudo o que possas querer (ou quase), num novo serviço.

Vê ainda: Huawei – Adeus à gama baixa para poder ultrapassar Apple e Samsung

Estas informações foram confirmadas pelo próprio diretor do departamento de música do YouTube que, em declarações ao site The Verge, revelou um pouco dos planos para o futuro. Teremos menos serviços, ou melhor, menos fragmentação e mais conteúdo num só local. Eis as novidades!

   

O que resultará da fusão entre o YouTube Red e o Google Play Music?

É oficial, os serviços Google Play Music e YouTube Red serão unificados para criar uma nova plataforma, um novo serviço de streming (reprodução) de conteúdos. Foi durante uma conferência na cidade de Nova York nos Estados Unidos da América  onde Lyor Cohen ( chefe do departamento de música do YouTube) realçou que a Google necessitaria de unificar os dois serviços para “descomplicar” a fruição de conteúdos e atrair assim novos subscritores.

YouTube Red Google Play Music
A popularidade deste serviço não é das mais altas, algo que não passou despercebido…

O mais importante é combinar o YouTube Red e o Google Play Music, criando uma única plataforma” frisou Cohen quando questionado sobre a baixa popularidade do YouTube Red entre os utilizadores de serviços de streaming de conteúdos como a Netflix ou o Spotify. Na altura altura Cohen não referiu especificamente a fusão entre os dois serviços, portanto…o que é que pode acontecer? Quais são os cenários possíveis?

Pessoalmente não creio que uma fusão entre ambas as plataformas vá acontecer. Neste momento o ecossistema da Google e consequentemente do YouTube para serviços de música é desnecessariamente complicado. Passo a explicar:

Temos demasiados serviços. Começando pelo YouTube Red que retira os anúncios, as publicidades dos vídeos e te deixa guarda-los para reprodução offline. Além disso, dá-te acesso ao Google Play Music gratuito.

Serviços da Google e do YouTube estão demasiado fragmentados 

Depois temos também o YouTube Music que está disponível para qualquer pessoa, em qualquer ponto do mundo. Se estás confuso e pensas que o Google Play Music é a mesma coisa que este último, não te censuro.

Este serviço torna-se mais envolvente e gratificante se fores um subscritor do serviço Red. Parece redundante, certo?

Ah, é verdade! Ainda temos o YouTube TV, um serviço à parte que ainda não está disponível para todo o mundo. Foca-se em séries, conteúdos e vídeos exclusivos. Ainda está em desenvolvimento.

Avizinha-se então uma fusão dos serviços da Google?

Esta fusão já há vários meses que tem sido alvo de discussão e de vários rumores. Recentemente voltou a ganhar força e voltou a fazer manchetes quando a Google decidiu combinar as equipas responsáveis pelos dois serviços de streaming de conteúdos no início deste ano.

Em declarações ao site The Vergea Google afirmou quer iria notificar os utilizadores acerca de qualquer mudança que pudesse ocorrer com os seus serviços. “A música é muito importante para a Google e estamos a conjecturar uma forma de unir as nossas ofertas para entregar aos consumidores e produtores a melhor experiência possível. Nada mudará para os utilizadores hoje e provavelmente serão avisados com muita antecedência antes que qualquer mudança seja implementada”.

YouTube Red Google Play Music
Google Play Music, tal como o conhecemos, poderá desaparecer.

Mais ainda, segundo Lyor Cohen, o próprio demonstrou vontade de trabalhar directamente com várias produtoras e estúdios de música. “Na minha opinião, a peça que está em falta para construir este negócio é a colaboração com a indústria (musical) e não apenas fazer parcerias e depois ver como é que aquilo corre“.

Quando chega o novo serviço da Google?

De momento ainda não existe uma calendarização exata mas tendo em conta a recente confirmação pela própria Google de que os serviços de YouTube Red e Google Play Music sofreriam alterações ao seu funcionamento, para além do facto de Cohen já falar abertamente sobre o assunto pode indicar uma brevidade nas alterações.

De certa forma, fundir os vários serviços (Red e Play Music) seria vantajoso para o consumidor final. Ter todos os conteúdos numa só plataforma, pagando o mesmo para ter ambos os serviços. Desta forma, a vida seria facilitada para o consumidor e afirmar-se-iam com mais solidez perante a concorrência e perante a indústria musical.

Poderá o novo serviço da Google ser uma alternativa viável ao Netflix, Spotify e Apple Music ou será pedir demasiado?

E tu, és utilizador de algum destes serviços da Google? Consideras esta fusão do YouTube Red, uma plataforma praticamente sem representação em Portugal e no Brasil, com o Play Music algo vantajoso? Partilha a tua opinião aqui, nos comentários.

Uma coisa é certa, os serviços de subscrição como o Netflix ou o Spotify são cada vez mais populares um pouco por todo o mundo e, pessoalmente, veria com bons olhos a fusão destes serviços para proporcionar uma experiência mais coerente ao consumidor.

Para mais informações sobre esta marca e tudo sobre tecnologia falada em português segue a 4gnews. Acompanha-nos no Facebook, Instagram e claro, no YouTube onde terás também as nossas LiveCasts semanais.

Outros assuntos relevantes:

Asus Zenfone 4 Pro posa para a câmara e revela algumas características

Microsoft Edge já permite uma ligação total entre Windows, iOS e Android

Nokia 2: Um olhar sobre o possível design do pequeno Nokia

ViaThe Verge
FonteYouTube
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).