Google vai abrir lojas físicas para dar a conhecer os seus Google Pixel

Rui Bacelar
Google Pixel 2 XL
A gigante tecnológica estará a ponderar abrir lojas físicas para potenciar as vendas dos seus dispositivos.

A gigante tecnológica de Mountain View, Cupertino, estará a preparar-se para abrir vários pontos de venda para os seus produtos. Numa primeira investida será a Índia a receber estas lojas e sendo este o 2º maior mercado mundial de smartphones, a escolha é óbvia. É também um dos mercados que mais rapidamente cresce e, mais raro ainda, não apresenta sinais de saturação. Em breve, os Google Pixel chegarão às lojas físicas.

Neste momento é totalmente dominado pela Xiaomi e pela Samsung no que diz respeito à venda de smartphones. Contudo, a empresa norte-americana quererá melhorar as vendas dos seus Google Pixel nesse mercado e para tal está disposta a abrir novos pontos de venda. Superfícies de contacto com a população para que gradualmente o seu hardware comece a ser conhecido.

Vê ainda: 63 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

De acordo com profissionais com conhecimento na matéria " A Google tem planos para abrir aqui lojas físicas", disse um deles. Acrescenta ainda que a empresa inaugurará também "Centros de experiência" na Índia. Segundo outra pessoa, a Google está a considerar isso mesmo. Acrescenta ainda que isto se pode materializar-se antes de 2018 chegar ao fim.

Google Pixel 2 em lojas físicas, que mais poderíamos pedir?

A terceira fonte terá dito que a Google foi mais além e contratou um antigo membro da Apple para coordenar a abertura das lojas. Em declarações à Economictimes, a Google recusou fazer qualquer comentários relativamente aos rumores e especulação em torno deste assunto.

A "faísca" que terá motivado a empresa tecnológica a debruçar-se sobre esta possibilidade terá sido a boa adesão às lojas temporárias que abriu um pouco por toda a Índia. Um total de mais de uma dezena de lojas físicas onde a população pode contactar com os seus produtos. Estas superfícies temporárias espalharam-se pelas grandes cidades do país e deram a conhecer o Google Pixel 2 e também, claro, o Google Pixel 2 XL.

Lojas físicas Google Pixel 2 XL Android Oreo
O Android Oreo 8.1 veio resolver vários problemas destes topos de gama @theverge

Aprofundando o tema, segundo esta fonte pelo menos dois dos grandes centros comerciais (shoppings) receberam pedidos de aluguer de loja. De acordo com um dos gestores desse centro comercial, a Google ter-se-á apercebido do quão importante são estas lojas físicas. Tanto para educar o consumidor como claro, para vender o produto.

Este gestor acrescenta ainda que a tecnológica norte-americana criou uma sala escura. Isto para demonstrar as capacidades do Pixel 2 e Pixel 2 XL na captura de imagens, boas fotografias mesmo quando a luz não abunda. Seja em fotografia noturna ou simplesmente com pouca luz ambiente. Algo que também terá ajudado a empresa a perceber a importância destes pontos de venda física.

Para quando um Google Pixel em Portugal?

A Google aproveitará estas lojas físicas para vender também outros produtos. Segundo as fontes acima citadas, os consumidores poderão também conhecer e comprar os Google Home, Chromecast. Sem esquecer ainda os computadores portáteis Pixel, os dispositivos Daydream View de realidade virtual, entre outros.

Esta será a mais recente estratégia da Google para aumentar o número de vendas na Índia. Número que atualmente é muito, muito tímido. Aliás, segundo os dados da IDC a empresa está atrás da Xiaomi, Samsung, Vivo, Oppo, entre outras.

Caso a marca se consiga implementar com sucesso naquele que é o segundo maior mercado mundial de dispositivos móveis. Aí, o sucesso poderá empurrar a tecnológica para outros mercados. À medida que esta se vai apercebendo da importância das lojas físicas para conquistar os consumidores. Acredito que seja uma questão de tempo.

O futuro passará pelas lojas físicas

Talvez uma questão de alguns anos mas, mais cedo ou mais tarde e sobretudo se a construção de dispositivos móveis continuar a trazer lucro à empresa. Aí, sem dúvida, veremos mais e mais lojas físicas a despontar também pelo continente europeu.

De momento, o consumidor português está limitado à loja oficial, a Play Store onde para além do Chromecast praticamente nada mais encontra. Algo que poderá mudar num futuro já não muito distante. Caso queiram comprar um Google Pixel ou Pixel 2, só mesmo através das lojas online.

Será a segunda aventura da Google em lojas físicas nesse país. Já anteriormente, em 2013 a tecnológica tinha tentado uma estratégia semelhante. Tendo firmado uma parceria com a BK Modi e a Spice Group para vender dispositivos em loja física neste enorme mercado de dispositivos móveis. Contudo, a parceria ruiu perante as fracas vendas.

Lojas físicas da Google em Portugal seriam um sonho tornado realidade

Se quiseres, e para não perderes os próximos artigos, listas, dicas e análises, fiquem atentos às nossas redes sociais como a página de Facebook, Instagram e claro, no YouTube.

Faremos uma pequena interrupção agora no Natal. É tempo de aproveitar o tempo com a família e todos aqueles que nos são mais próximos do coração. Voltaremos em força, já em janeiro!

Conseguirá a tecnológica norte-americana implementar-se com sucesso neste mercado? E, caso tenha sucesso poderá esta gigante expandir-se para mais territórios? Verdade seja dita, para quem gosta de Android puro, os Google Pixel são a solução ideal.

Outros assuntos relevantes na 4gnews:

Haven – aplicação desenvolvida por Edward Snowden já está na Play Store

Samsung Galaxy S8 e Note 8 sem suporte para o Project Treble no Oreo

Google Maps – a incrível Inteligência Artificial que chega a assustar!

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).