Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro: as primeiras especificações dos smartphones Android

Rui Bacelar
Comentar

A chegar (provavelmente) em outubro, estes são alguns dos primeiros rumores e fugas de informação sobre os smartphones Google Pixel 7 e Google Pixel 7 Pro. Temos, sobretudo, tópicos previsíveis como a manutenção dos processadores Tensor fabricados pela Samsung, bem como as indicações dos nomes de código dos produtos.

Mais concretamente, aponta-se a utilização da segunda geração de chipsets Google Tensor, processadores fabricados pela Samsung de acordo com as especificações da própria Google. Por outro lado, os nomes de código apontados são o cheetah e panther para os Pixel 7 e Pixel 7 Pro, respetivamente.

A próxima geração de smartphones Google Pixel chega no final de 2022

A popularidade dos smartphones Google tem aumentado gradualmente, com a gama Pixel 6 a fazer várias manchetes em 2021. São dois smartphones altamente polarizantes com design próprio (e peculiar), bem como processadores únicos, além do Android puro.

Os telemóveis podem ser adquiridos através da loja online Amazon.ES, ainda que não estejam oficialmente disponíveis em Portugal através da Play Store. Aliás, já encontramos o Google Pixel 6 desde 709,90 €, valor razoável para o smartphone em questão.

A tímida, mas gradual, expansão dos Pixel na Europa cria uma maior expectativa para os modelos Pixel 7 com as primeiras fugas de informação a fazerem-se agora sentir. Assim, contamos com a segunda geração dos processadores Google Tensor nos próximos Pixel 7 a serem produzidos pela Samsung.

A segunda geração de processadores Tensor será produzida pela Samsung

De acordo com o entendimento atual a segunda geração de processadores Google Tensor será identificada pelo número Tensor GS201 com o nome de código Cloudripper para os chipsets. Além de outros detalhes, acreditamos que estes SoC's integram o modem Samsung g5300b, portanto, Exynos 5300.

Esta hipótese ganha maior tração uma vez que o atual processador Google Tensor (GS101) integra o modem g5123b da Samsung, o Exynos 5123. Até ao momento esta é a máxima extensão das fugas de informação.

Em suma, contamos com novos smartphones Google Pixel a chegar entre os meses de outubro a dezembro de 2022 com novos processadores. Entretanto, teremos mais fugas de informação que nos permitirão ficar a conhecer os produtos atempadamente.

Editores 4gnews recomendam:

  • Realme promete mudar a forma como usas o smartphone com esta tecnologia
  • Xiaomi Redmi Note 11 em promoção é o melhor smartphone até 200 €
  • POCO prepara-se para lançar o seu primeiro smartwatch barato e bom em 2022
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com